Câmara de Monchique quer editar antologia com trabalhos de José Rosa Sampaio

José Rosa Sampaio editou as monografias de Marmelete e Alferce

A Câmara Municipal de Monchique pretende editar uma antologia de todos os trabalhos do investigador José Rosa Sampaio, que morreu, esta quinta-feira, aos 69 anos.

Em nova enviada às redações, a autarquia manifesta «o mais profundo pesar pelo falecimento de José Rosa Sampaio, investigador, professor e jornalista» e endereça «à família e aos amigos as mais sinceras e sentidas condolências, próprias destes momentos de tristeza».

José Rosa Sampaio nasceu em Monchique a 13 de Julho de 1949. Foi professor de história e colaborou no Jornal de Monchique e no Barlavento, onde publicou artigos sobre a história do concelho. Editou vários livros como “Monchique na primeira República” e as monografias de Marmelete e Alferce.

«Para além de todas as facetas e qualidades pelas quais ficou publicamente reconhecido, é notória a dedicação, interesse e amor a Monchique e às suas gentes», realça a Câmara de Monchique.

José Rosa Sampaio «deixa uma notável obra que o Município de Monchique quer, de acordo com vontade expressa pela mesmo e que deverá ser validada pela família, editar uma antologia/coletânea com todos os seus trabalhos, até porque a maior parte da sua obra se encontra publicada em pequenas edições de autor».

A autarquia considera que «uma das melhores formas de homenagear um historiador como foi José Rosa Sampaio é continuar o seu trabalho e torná-lo de fácil acesso a todos quantos queiram valorizar e continuar a escrever as páginas da história do concelho de Monchique, do seu património e da sua etnografia».

O funeral de José Rosa Sampaio está marcado para este sábado, em Monchique.

Comentários

pub
pub