Portimão discute mobilidade nos centros históricos e impacto do alojamento local

Mobilidade e acessibilidade nos centros históricos e o impacto do alojamento local são temas que vão estar em debate na […]

Mobilidade e acessibilidade nos centros históricos e o impacto do alojamento local são temas que vão estar em debate na V Semana da Reabilitação Urbana, a realizar-se de 23 a 25 de Maio, no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão. 

No âmbito da Operação de Reabilitação Urbana da ARU – Centro Histórico de Portimão, «a V Semana da Reabilitação Urbana volta a trazer ao debate temas que estão na ordem do dia relativamente aos centros históricos das cidades, como é o caso da mobilidade e acessibilidades e o impacto do alojamento local, medidas para a sustentabilidade com a participação de especialistas nacionais e locais, além da exposição de trabalhos e animação urbana no Jardim 1º Dezembro que durante os três dias estará em festa com música ao final da tarde», diz a Câmara de Portimão.

Os debates terão lugar durante a tarde de quinta-feira e sexta-feira no pequeno auditório do TEMPO- Teatro Municipal de Portimão e são de participação gratuita, sendo que o primeiro dia, 23 de Maio, será marcado pela cerimónia de abertura que terá lugar às 15h00 com a participação de Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão, Castelão Rodrigues, vice-presidente que tem o pelouro da Reabilitação Urbana, bem como Filomena Coelho, secretária técnica do CRESC Algarve2020.

“Mobilidade e Acessibilidade nos Centros Históricos” será o tema que dominará a primeira tarde de debate com a abordagem de Luís Conceição, arquiteto urbanista e docente do Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes, sobre a mobilidade no centro histórico de Portimão, seguindo-se a intervenção de Luís Natal Marques, presidente do Conselho de Administração da EMEL- Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, sobre as “Grande Tendências da Mobilidade Urbana”.

Esta será também a ocasião não só para ouvir o arquiteto paisagista João Nunes, do PROAP- Estudos e Projetos de Arquitetura Paisagista, Lda falar sobre “Paisagem, Sustentabilidade, Bicicletas e Alterações Climáticas” como também conhecer a “Visão Regional e oportunidades de financiamento sobre Mobilidade Urbana Sustentável”, através da intervenção de Filomena Coelho.

Às 17h20 haverá ainda tempo para debate antes do encerramento da primeira sessão de trabalhos da V Semana da Reabilitação Urbana de Portimão.

Na tarde de dia 24 de Maio o debate terá como mote principal o “Impacto do Alojamento Local nos Centros Históricos”, embora a “Reabilitação da Mobilidade Urbana: da história ao Futuro” marque ainda o início dos trabalhos com a intervenção de Paula Teles, CEO da MPT – Mobilidade e Planeamento do Território.

O Alojamento Local no Algarve será abordado por Helena Raimundo, da ALEP- Associação do Alojamento Local em Portugal.

 

 

Já “O Impacto do Fenómeno do Alojamento Local nos Núcleos Urbanos Tradicionais” será apresentado por António Nóbrega, autor do livro “O Novo Regime Jurídico do Alojamento Local – Anotado”.

Serão apresentados dois exemplos de Reabilitação e Alojamento Local na ARU- centro histórico de Portimão, neste caso o “Temple Suits”, por parte de Cláudia Reis e Paulo Leitão, e “Downtown Hostel”, por parte de Helder Caetano.

Teresa Valente e Patricia Malobbia, do Serviço de Regeneração Urbana da Câmara de Faro, irão partilhar a sua visão sobre “O Alojamento Local e a Transformação do Espaço Histórico de Faro”, antes do espaço de debate que encerrará a segunda sessão de trabalho.

O Jardim 1º de Dezembro irá estar em festa durante a V Semana da Reabilitação Urbana de Portimão com um programa de animação urbana onde a música se fará ouvir, a partir das 18h00, pela batuta da Academia de Música de Portimão, que no dia 23 apresenta “Cordas na Cidade” com a maestrina Daniela Quintas e no dia 24 “Percucidade” com o maestro Tiago Pires.

No sábado à noite, a partir das 21h00, “Há Música no Jardim”, um espetáculo a cargo da Associação Teia d’Impulsos que promete trazer muita animação a este espaço recentemente alvo de obras de requalificação urbana e de conservação do seu importante conjunto de azulejos.

Haverá ainda espaço para várias exposições que estarão patentes não só no TEMPO- Teatro Municipal de Portimão como também na Rua das Lojas, onde em algumas montras do comércio tradicional poderão ser apreciados os trabalhos de “4 anos de Urban Sketchers Algarve a Desenhar Portimão”, enquanto que no “foyer” do pequeno auditório do TEMPO, no dia 23, às 14h45, antecedendo a sessão de abertura da V Semana da Reabilitação Urbana, terá lugar a inauguração da exposição “Pessoas em Movimento” que dará a conhecer os trabalhos desenvolvidos no âmbito do Encontro Urban Sketchers realizado no final de Março sob o mote de Portimão Cidade Europeia do Desporto.

Na ocasião será ainda apresentada a nova linha de ofertas de prestígio da Câmara de Portimão que, numa parceria com os Urban Sketchers Algarve, transportou para peças da Vista Alegre e outras peças de “merchandising” alguns dos desenhos realizados por ilustradores participantes nestes últimos Encontros Urban Sketchers@Portimão.

No Café Concerto do TEMPO haverá ainda espaço para uma exposição das propostas de Requalificação da Zona Envolvente da Antiga Lota de Portimão e Arco da Barca-Concurso para a Requalificação do Largo da Barca, resultantes dos trabalhos realizados pelos alunos de vários anos do curso de Mestrado Integrado em Arquitetura do ISMAT- Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes.

A V Semana da Reabilitação Urbana é uma iniciativa integrada no Plano de Ação de Regeneração Urbana PARU, financiada pelo CRESC Algarve2020 que conta com o apoio institucional do ISMAT e Urban Sketchers Algarve e o apoio da Delta Cafés, “A Casa da Isabel”; “Amor às Fatias”, Teia d’Impulsos e Academia de Música de Portimão.

A participação na Semana da Reabilitação Urbana está aberta a todos os interessados e é de acesso livre.

O programa detalhado está disponível aqui.

Comentários

pub
pub