Portimão apoia associações que vão esterilizar cães e gatos de rua

Em 2018, foram esterilizados 520 animais no concelho pelas associações apoiadas

A Câmara de Portimão vai apoiar a Associação Amigos do Canil de Portimão (AACP) e a Associação de Defesa de Animais de Portimão (ADAP) com 25 mil euros, para que as duas entidades promovam a esterilização de cães e gatos no concelho.

A assinatura dos protocolos de colaboração com as duas associações foram assinados esta sexta-feira, 17 de Maio.

O protocolo estabelecido com a AACP envolve 15 mil euros, «que serão destinados à aquisição de bens ou serviços essenciais à esterilização de animais do Canil Municipal de Portimão e prestação de cuidados de saúde a cães e gatos, que não possam ser prestados no local», explica a Câmara de Portimão.

Quanto à ADAP, o protocolo contempla a atribuição de 10 mil euros e prende-se com a esterilização de uma centena de gatos de rua, em vários locais da cidade de Portimão.

Os protocolos foram assinados por Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão e pelas representantes das duas associações envolvidas: Mónica Alexandra Vitela (ADAP) e Patricia Nieuwe (AACP). Osvaldo Mateus, veterinário municipal, também marcou presença neste momento.

Segundo explica a autarquia, «as medidas concretas em curso no município de Portimão visam o bem-estar dos animais errantes, sendo disso exemplo as parcerias estabelecidas com a ADAP, as quais permitiram que, em 2018, fossem esterilizados 250 gatos, ao abrigo do Programa CED: Capturar-Esterilizar-Devolver».

No caso da AACP, as parcerias estão relacionadas com os animais provenientes do Canil de Portimão e, no ano passado, «possibilitaram a
esterilização de 270 cães e gatos», realça a Câmara Municipal.

A edilidade destaca ainda que «esta estratégia autárquica surge do reconhecimento do trabalho desenvolvido por ambas as associações ao nível do interesse público, designadamente no que toca à promoção de campanhas de sensibilização e do incentivo à esterilização, como forma de reduzir o excesso de animais errantes e, assim, contribuir para a salvaguarda da saúde e da qualidade ambiental das populações».

Comentários

pub
pub