Odemira está a aceitar propostas para o Orçamento Participativo

Propostas podem ser apresentadas até ao final de Junho

Os munícipes de Odemira podem apresentar até final de Junho propostas de projetos materiais, mas também imateriais, que desejem ver financiados no âmbito do Orçamento Participativo de Odemira 2019.

A Câmara de Odemira volta a proporcionar aos cidadãos do concelho a possibilidade de escolher onde serão aplicados 500 mil euros do Orçamento Municipal para o ano. A grande novidade, este ano, é a possibilidade de

Deste valor, 250 mil euros são destinados a projetos promovidos nas freguesias do interior do concelho com menos de 1500 habitantes e os restantes 250 mil euros são para projetos promovidos nas freguesias do litoral do concelho ou com mais de 1500 habitantes.

«As propostas de natureza material não devem ultrapassar o valor de 125 mil euros, incluindo os custos de elaboração dos projetos. As propostas de natureza imaterial não devem ultrapassar o montante de 62,5 mil euros», segundo a Câmara de Odemira.

Podem participar no Orçamento Participativo de Odemira todos os cidadãos a partir dos 14 anos de idade, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho.

As propostas devem ser apresentadas em nome individual, através do site do OP, no Balcão Único do Município, nos BU´s KIOSK de Colos, Sabóia, S. Teotónio e Vila Nova de Milfontes e nos Encontros de Participação realizados em todas as freguesias.

«Podem ser apresentadas propostas materiais e imateriais, nas áreas de competência do município, que incidam sobre investimentos de âmbito coletivo», acrescentou a autarquia.

A análise técnica das propostas apresentadas decorrerá entre 1 Julho e 15 de Outubro, incluindo o período de 10 dias úteis para apresentação de eventuais reclamações pelos interessados. A votação decorre durante o mês de Novembro.

Comentários

pub
pub