Obra de reforço do cordão dunar da praia de Alvor será suspensa durante o Verão

Intervenção custa perto de 2 milhões de euros

Os trabalhos que estão a decorrer na Praia de Alvor, para a alimentação artificial e reforço do cordão dunar, serão suspensos durante a época de Verão, «possibilitando aos veraneantes desfrutarem na íntegra, e sem qualquer tipo de transtornos, desta popular estância balnear, que em 2019 voltou a ser galardoada com a Bandeira Azul».

A Câmara de Portimão anuncia, em nota de imprensa, que a intervenção, cuja entidade promotora é a Agência Portuguesa do Ambiente – Administração da Região Hidrográfica do Algarve, «será retomada nos últimos dias de Setembro, devendo estar concluída até final do ano».

Atualmente, os trabalhos decorrem apenas num troço de cerca de 150 metros, situação que perdurará até Junho, de modo a que não haja quaisquer condicionalismos no areal para os banhistas nos meses de Julho e Agosto.

Com esta intervenção, a areia retirada da ria é encaminhada, através de condutas, para a zona da Praia de Alvor, o que permitirá o alargamento da área das dunas em cerca de 10 metros. O areal irá crescer 25 metros num troço com cerca de dois quilómetros.

A medida tem por objetivo assegurar a defesa natural contra os episódios erosivos e encontra-se abrangida no POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, com um custo total elegível de 1.989.909,49 euros, sendo o apoio financeiro da União Europeia de 1.691.423,06 euros e o apoio público nacional na ordem dos 298.486,43 euros.

Comentários

pub
pub