Faro vive “Dias do Jazz” em que reina a boa música

Festival é iniciativa que as pessoas «já conhecem» e, por isso, à qual «aderem»

Ricardo Toscano – Foto: Vera Marmelo

Os “Dias do Jazz” já aí estão e vivem em Faro até 26 de Maio. Concertos de Bruno Pernadas, Ricardo Toscano e João Paulo Esteves da Silva compõem a «grande programação» desta iniciativa, que até terá um concerto no Consulado-Geral do Brasil na capital algarvia. 

Depois de um concerto de Salvador Sobral, a 3 de Maio, os “Dias do Jazz” prosseguem já este sábado, dia 11. João Frade e João Barradas juntam-se a Carlos Bica e Alexandre Frazão para um concerto, a partir das 21h30, no Teatro das Figuras.

«Vai ser um espetáculo inédito, que vai juntar dois dos melhores acordeonistas de jazz do país com outros dois grandes vultos: o Carlos Bica e o Alexandre Frazão. Vai ser um concerto mesmo muito bom», perspetivou Gil Silva, diretor do Teatro das Figuras, em declarações ao Sul Informação. 

Os concertos continuam logo no dia a seguir, domingo, quando “Zé Eduardo convida João Mortágua”, a partir das 18h00, no Club Farense.

Leon Baldesberger’s Meersalz

Para quinta-feira, às 19h00, está reservado um dos espetáculos mais aguardados: os Leon Baldesberger’s Meersalz vão subir a um palco improvisado, no Consulado-Geral do Brasil, em Faro.

«Desde sempre que tivemos esta ideia de fazer concertos fora dos locais habituais, em espaços que não costumam estar abertos à comunidade. Já tivemos espetáculos no Palacete Belmarço, no Governo Civil ou a bordo de um autocarro. Este ano, a aposta foi para um concerto no Consulado-Geral do Brasil», explicou Gil Silva.

Para dia 18, sábado, às 21h30, está agendado o espetáculo de Bruno Pernadas, no Teatro das Figuras, seguido, no dia 24, à mesma hora, mas no Teatro Lethes, de outro dos pontos altos destes “Dias do Jazz”. No palco, estarão Ricardo Toscano, saxofonista, e João Paulo Esteves da Silva, pianista de jazz, num «concerto que será mesmo muito interessante», segundo Gil Silva.

Tudo termina no dia 26, às 18h00, em mais um “Copo de Jazz” servido por Chibbanga Groove.

Esta é uma iniciativa que, no entender do diretor do Teatro das Figuras, as pessoas «já conhecem» e, por isso, à qual «aderem».

 

 

«Penso que temos uma grande programação, com alguns dos melhores intérpretes nacionais, com nomes consagrados e outros que estão a surgir», considerou ao Sul Informação.

«Esperamos boas casas. O jazz é sempre uma disciplina que tem um público muito afeto, mas queremos dar a conhecer também projetos novos», concluiu.

Para comprar bilhetes para os diferentes concertos no Teatro das Figuras, clique aqui. Já para o espetáculo no Lethes, pode comprar ingressos aqui.  Quanto aos concertos no Club Farense custam 8 euros.

 

 

Comentários

pub
pub