E que tal ir de bicicleta da Ermida de Guadalupe a Sagres com leituras encenadas?

A iniciativa é gratuita, mas com inscrição prévia

Um passeio de bicicleta, entre a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe e a Fortaleza de Sagres, no concelho de Vila do Bispo, com direito a leituras encenadas na paisagem. Assim vão ser as “Viagens na Minha Terra”, iniciativa que se realiza este domingo, 2 de Junho, a partir das 9h30.

O ponto de encontro será em Guadalupe, às 9h30, monumento onde se inicia a primeira leitura encenada, estando prevista uma paragem em “Mãe d´Agua” (Vila do Bispo), às 11h15, onde será feita a segunda leitura. A chegada à Fortaleza de Sagres está prevista para as 13h30.

Em cada leitura encenada, exceto na primeira, os participantes terão água, uma peça de fruta e um pequeno snack e, no final do percurso, na Fortaleza de Sagres, haverá um piquenique.

O título do projeto apropria-se do título do livro do escritor português Almeida Garret “Viagens na Minha Terra”. A apresentação e encenação das pequenas histórias serão sobre diferentes culturas – grega, romana, árabe, cristã.

«Aquele que caminha ou se move de bicicleta traça linhas no território. Há linhas que traçam sulcos mais profundos como a dos habitantes locais, outras como as linhas da transumância e da peregrinação. Linhas que marcam o princípio e o fim entre camadas de memórias de ouros tempos, como se de sedimentos se tratassem», diz Susana de Medeiros.

Com Helena Flor Dias, Joana Melo e Maria da Conceição Gonçalves (leituras encenadas) e Susana de Medeiros e Reinhold Spielberger (guias), o passeio tem a duração de cerca de 4h30 e percorre cerca de 17 quilómetros. «Traga a bicicleta, capacete, roupa, calçado confortável e água», alerta a Direção Regional de Cultura do Algarve.

A iniciativa é gratuita, mas com inscrição prévia através de tertúlia.associacao@gmail.com

Este é um projeto da Tertúlia Associação Sócio Cultural de Aljezur e integrado no DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Comentários

pub
pub