Dragagens em Santa Luzia retiram 7 toneladas de lixo da ria

Lixo seguiu para «tratamento em vazadouro»

A operação de dragagem do acesso marítimo aos cais flutuantes do porto de pesca de Santa Luzia, em Tavira, já foi concluída e permitiu retirar da Ria Formosa cerca de 7 toneladas de lixo.

As obras, que motivaram um investimento próximo dos 150 mil euros, permitem «o restabelecimento das condições de segurança, navegabilidade e de estacionamento de embarcações dos pescadores», segundo a empresa pública.

Os resíduos que foram retirados da bacia existente frente a esta aldeia piscatória de Tavira «seguiram para tratamento em vazadouro». A areia recolhida servirá para «alimentar a Praia da Terra Estreita, de acordo com as orientações da APA/ARH».

A Docapesca foi alvo de muitas críticas, recentemente, devido ao lixo que deu à costa na chamada Ilha Deserta (Cabanas), que foi associado às dragagens efetuadas por esta empresa no rio Gilão.

 

Comentários

pub
pub