Al-Portel promove debate sobre a preservação do centro histórico de São Brás

Conversa servirá para fazer «uma reflexão conjunta» sobre a reabilitação da zona mais nobre da vila

A associação Al-Portel e a família Passos vão promover uma conversa informal para debater “O progresso e a preservação da memória colectiva em São Brás de Alportel”, nomeadamente a do centro histórico da vila, sábado, dia 1 de Junho, no Largo de São Sebastião, às 17h30.

Esta reflexão conjunta, de iniciativa cidadã, contará com a presença de elementos da Comissão Municipal de Preservação do Centro Histórico de São Brás de Alportel, criada em 2012 para ser um «espaço de diálogo e reflexão, estudo e referência, que constitui uma importante ajuda na preservação da identidade do centro histórico», segundo a Câmara de São Brás de Alportel.

«Ao fim de sete anos de funcionamento irregular, a Comissão tem uma série de problemas que a impedem de cumprir a sua missão – preservar a identidade deste lugar. Urge portanto reflectir sobre o trabalho feito, problemas e soluções e sobre o futuro da preservação deste património tão importante para todos», considera a Associação de Defesa do Ambiente e do Património Cultural de São Brás de Alportel.

Para a Al-Portel, apesar da importância dos centros históricos ser «unânime, quer para o poder político, quer para os cidadãos», o «consenso desaparece quando se trata de o reabilitar».

Foi isso que aconteceu no processo de reabilitação do centro histórico de São Brás de Alportel, que se iniciou em 2016 no Largo de São Sebastião e continuou, mais recentemente, na Rua Gago Coutinho.

«A polémica foi acesa e deixou questões por resolver que aguardam ainda a concretização das promessas camarárias feitas na altura», recordou a associação.

Comentários

pub
pub