PSD/Tavira «indignado e preocupado» com lixo que está a dar à costa nas praias

«Um lamentável cenário de lodo, plásticos, pneus e artefactos de pesca», diz o PSD/Tavira

Foto: RTP

O PSD/Tavira está «indignado e muito preocupado» com o lixo que está a dar à costa nas praias e apelida a situação de «crime ambiental».

Em comunicado, os sociais democratas manifestam a «sua indignação acerca do silêncio do executivo camarário socialista relativamente ao que está a acontecer ao largo da nossa costa marítima».

«Está à vista de todos o resultado das dragagens efetuadas no Rio Gilão. Um lamentável cenário de lodo, plásticos, pneus e artefactos de pesca, depositados no areal da ilha deserta de Tavira, que os dois levantes das últimas semanas, ajudaram a descobrir», escreve o PSD.

Cristóvão Norte, deputado na Assembleia da República do PSD, também já veio a público reagir a esta situação, apelidando-a de vergonhosa.

«É um crime ambiental. Importa agora saber: ou a empresa não cumpriu o contrato e o Estado não fiscalizou ou o Estado, por poupança e de forma premeditada, permitiu que sedimentos que sabia não serem limpos fossem atirados ao mar, sendo, desse modo, o autor moral».

As dragagens são da responsabilidade da Docapesca e começaram em Novembro do ano passado, com o objetivo de melhorar as condições de navegabilidade e de segurança do canal e implantação de um conjunto de plataformas junto ao rio.

Comentários

pub
pub