Olhão foi ao Brasil reforçar laços com mais de dois séculos

A ligação da cidade de Olhão ao Brasil iniciou-se em 1808

António Pina, presidente da Câmara de Olhão, esteve, no passado dia 17 de Abril, no Brasil, onde, «em nome de todos os olhanenses», foi agraciado com a medalha Sérgio Vieira de Melo, e com a faixa e título Grau Chanceler Honorário da Soberana Ordem da Fraterna Integração Brasil-Portugal. Esta foi uma maneira de reforçar os laços que unem a cidade algarvia ao povo brasileiro e  que remontam a 1808.

Esta condecoração, que visa o reconhecimento das ações e serviços com a comunidade luso-brasileira, méritos de honra, dignidade, caráter e espírito empreendedor, contou com o apoio do Grão Mestre das H.O. Comendador Regio Barros e do deputado da República Federativa do Brasil Ruy Pinato, sendo aprovada pelo Conselho Internacional de Honraria e Mérito.

A cerimónia de tributo ao empreendedorismo, denominada Tributo a Juscelino Kubischec, em que o autarca de Olhão esteve em evidência, integrou-se nas celebrações do 59º aniversário de Brasília, capital do Brasil.

Neste ato solene, presidido por Stavros Xanthopoylos, figura da investigação em Educação e assessor de Jair Bolsonaro na mesma área, foram premiadas diversas figuras ligadas ao empreendedorismo, como empresários dedicados à investigação nas mais variadas áreas a personalidades que desenvolveram projetos de integração de refugiados.

Além dos laureados estiveram presentes, entre outros, o secretário Especial dos Assuntos Estratégicos General Maynard Santa Rosa, o presidente do Instituto Sócio Cultural Brasil – China (IBRACHINA) Thomas Law, o presidente do Instituto Guararapes Coronel Ubiratan Guedes ou o presidente da Frente Parlamentar do Congresso Nacional – Brasil China Regino Barros.

«A ligação da cidade de Olhão ao Brasil iniciou-se em 1808. Passados 211 anos voltámos a relembrar o passando e criámos alicerces, de modo a estabelecer novas pontes e parcerias. Gostaria que a cidade de Olhão se tornasse um ponto de referência para investidores ligados a estas comunidades», referiu António Pina na cerimónia de condecoração.

Além de contactos com os representantes das Câmaras de Comércio Ibrachina e Brics, o presidente da Câmara de Olhão teve oportunidade de participar em inúmeras reuniões de trabalho com empresários e investidores e também com os responsáveis de várias entidades públicas brasileiras, como a Autoridade Nacional de Transportes Aquaviários.

«Promover em Olhão o lançamento de um projeto de agência de investimento e empreendedorismo que complemente os nossos projetos de startup e o projeto Altice Lab, já em desenvolvimento, é uma das nossas prioridades. O Município de Olhão pretende afirmar-se como um pólo de desenvolvimento e empreendedorismo, captação de investimentos e criação de emprego», afirmou António Pina.

«Pretendemos ser uma das principais portas de entrada de investidores, associações empresariais e câmaras de comércio. Urge captar para o concelho, para a região e para o País, parte desses investimentos», concluiu.

Comentários

pub
pub