Lavadeiras de Quarteira regressam à Fonte Santa para recordar tempos idos

Para a Fonte Santa chegou a ser planeada a criação de uma estância termal

A tradição das mulheres irem de Quarteira à Fonte Santa para lavar roupa já caiu em desuso, mas a memória é algo que não se apaga. Duas lavadeiras, vestidas com trajes típicos, estão a embelezar uma rotunda para retratar esses tempos em que as águas da famosa nascente da Fonte Santa eram procuradas também pelos seus efeitos medicinais. 

A iniciativa, da responsabilidade da Junta de Freguesia de Quarteira, recria a história e os costumes daquele local. As peças em alumínio fundido e pintadas à mão são da autoria de Teresa Paulino.

Vestidas com trajes típicos, as lavadeiras relembram tempos em que as águas da famosa nascente eram procuradas para lavar a roupa, mas também por quem acreditava nos seus maravilhosos efeitos no alívio de dores e de doenças de pele.

De longe, para tomarem banho na Fonte Santa, vinham gentes de todas as partes do país e do mundo, atraídas pelas suas águas milagrosas. Junto ao imenso caudal que emergia das areias argilosas, a azáfama dava muitas vezes ao local um ambiente de verdadeiro arraial.

 

Para a Fonte Santa chegou a ser planeada a criação de uma estância termal, numa altura em que Quarteira já era um sítio turístico.

Só que os efeitos curativos que lhe deram fama nunca foram reconhecidos oficialmente…  As suas águas continuaram a ser contudo muito valiosas para as lavadeiras que, durante várias décadas, deram uma animação muito especial a esta pequena povoação.

Para Telmo Pinto, presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, «esta obra representa a importância de reabilitar o espaço público, nunca esquecendo a nossa origem e a importância que este local tem para a história de Quarteira».

A obra de requalificação da rotunda faz parte de um conjunto de projetos contemplados no contrato interadministrativo de delegação de competências 2018/2021, da Câmara Municipal de Loulé para a Junta de Freguesia de Quarteira.

 

Comentários

pub
pub