Grupo Vocal Olisipo celebra Páscoa com a Orquestra Clássica do Sul em Tavira

Sob a direção do maestro Rui Pinheiro, a Orquestra irá interpretar duas obras emblemáticas de Bach

Um concerto onde o Grupo Vocal Olisipo se junta à Orquestra Clássica do Sul, dedicado à obra de Bach, terá lugar na Igreja do Carmo, em Tavira, no Domingo de Páscoa, dia 21, às 18h00.

Trata-se do terceiro concerto do Festival Internacional de Música do Algarve (FIMA), que será dedicado aos “Grandes Períodos da História da Música”, estando em destaque o período Barroco, na obra do génio musical de Johann Sebastian Bach.

Sob a direção do maestro Rui Pinheiro, a Orquestra irá interpretar duas obras que espelham a atividade do compositor alemão, dividida entre a música sacra e a profana: para começar, a “Suite Orquestral n.º 3”, que se inicia com todo o esplendor que caracteriza o período barroco e inclui a famosa “Ária” para cordas.

Seguir-se-á “Magnificat”, provavelmente um dos pináculos da música religiosa de todos os tempos. Para interpretar esta obra, a Orquestra Clássica do Sul convidou um dos ensembles de referência no panorama coral português, o Grupo Vocal Olisipo, que irá partilhar o palco com os músicos da orquestra, nesta tarde especial.

O “Magnificat” é um dos três cânticos do Novo Testamento utilizados nas Vésperas, ou na oração da tarde, no culto da maioria das igrejas cristãs como parte do Ofício Divino. O esplendor da sua orquestração, a variedade das formas e estilos utilizados e a virtuosidade aplicada na escrita, fazem de “Magnificat” uma referência da música litúrgica.

O concerto “Grandes Períodos da História da Música – o Barroco” terá lugar na emblemática Igreja do Carmo, na cidade de Tavira, no Domingo de Páscoa, às 18h00.

Os bilhetes custam 12 euros e podem ser comprados no local do evento, no próprio dia do espetácul,o a partir das 17h00, e através da bilheteira online, disponível clicando aqui.

Comentários

pub
pub