Férias da Páscoa em Portimão até tiveram direito a bootcamp em programação

Iniciativa realizou-se no âmbito da Happy Code, uma escola de programação

Crianças, com mais de 7 anos, tiveram, de 9 a 13 de Abril, umas Férias da Páscoa diferentes, na Biblioteca Municipal de Portimão, onde frequentaram um bootcamp de programação em roblox. 

Esta iniciativa realizou-se no âmbito da Happy Code, uma escola de programação que tem como missão formar pensadores e criadores do século XXI.

Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos lecionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Durante cinco dias, as crianças e os jovens na Biblioteca Municipal tiveram acesso ao “Roblox”, uma plataforma digital de jogos, que permitiu aos jogadores criarem os seus próprios mundos virtuais (Places) e projetar os seus próprios jogos dentro da plataforma.

Neste curso, as crianças e jovens foram iniciados no mundo do Roblox Studio, com a criação de cenários e itens. Além de jogarem no Roblox, aprenderam a programar e criar jogos dentro do Roblox, que poderão ser utilizados inclusive por outros jogadores.

As inscrições para o Bootcamp de Programação esgotaram rapidamente, «comprovando a existência de um grande entusiasmo nas crianças do concelho pelo efeito de novidade e de inovação trazida pelo projeto», diz a Câmara de Portimão.

No final do programa, no sábado, dia 13 de Abril, decorreu um momento especial de partilha entre pais e filhos, em que os encarregados de educação tiveram a oportunidade de conhecer e acompanhar os trabalhos finais desenvolvidos pelos seus educandos e, também, tomaram conhecimento das vantagens da programação para o desenvolvimento das competências do século XXI.

Esta «iniciativa representa uma clara aposta no desenvolvimento técnico e digital do concelho».

O Bootcamp de Programação em Roblox da Happy Code é um projeto pioneiro, tratando-se de uma resposta aos sonhos dos mais novos e irá ensinar-lhes as competências de futuro, quer a nível técnico, quer criativo, que lhes permitirão desenvolver aptidões necessárias no mundo de amanhã.

«Este foi um projeto que criou verdadeiras pontes para o futuro ao promover nos mais pequenos a introdução de pensamento no que respeita ao uso das ferramentas tecnológicas», diz a Câmara de Portimão.

 

Comentários

pub
pub