Cineclube de Faro mostra filmes portugueses em Abril

Cineclube de Faro celebra 63 anos em Abril

Um ciclo dedicado ao cinema português e um salto até Alcoutim, para mais uma edição do Vídeo Lucem são os destaques da programação de Abril do Cineclube de Faro.

No mês em que celebra o ser 63º aniversário – a festa decorreu este domingo – a associação farense aposta em filmes nacionais.

O primeiro filme do ciclo do mês, a obra “Terra Franca”, de Leonor Teles, será exibido amanhã, dia 9, no auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude, em Faro, às 21h30.

No dia 16 de Abril, à mesma hora, a ação muda-se para o Teatro das Figuras, onde será projetada a obra “Chuva é cantoria na aldeia dos mortos”, de João Salaviza e Renée Nader Messora.

As duas últimas sessões do mês serão no IPDJ, às terças-feiras, sempre às 21h30.

A 23 de Abril, será exibido o filme “Raiva”, de Sérgio Tréffaut. No dia 30, será a vez da obra “Diamantino”, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt.

Pelo meio, na sexta-feira, dia 12, há Vídeo Lucem no Espaço Guadiana, em Alcoutim. Nesta sessão deste projeto que integra a programação do “365Algarve”, Ana Brandão e João Paulo Esteves da Silva vão musicar e acompanhar o filme “Um Grito na Noite”, do algarvio Carlos Porfírio, obra cujo som se perdeu.

Na quarta-feira, às 15h00, o Cineclube de Faro dá continuidade ao ciclo de homenagem a Vítor Reia-Baptista “Herético e Libertário”, com a exibição do filme “Gertrud”, de Carl Theodor Dreyer, no IPDJ de Faro.

Comentários

pub
pub