Algar compra novas viaturas para fazer face ao aumento da reciclagem

Nos dois primeiros meses do ano, os resíduos colocados nos ecopontos aumentaram 22%

A Algar comprou sete novas viaturas de recolha seletiva, que vão ajudar a fazer face ao aumento de resíduos de embalagens recicláveis depositados no ecopontos, no Algarve. Os novos camiões vêm reforçar em 32% a capacidade de recolha. 

Segundo a empresa, «os valores de Janeiro e Fevereiro deste ano evidenciam um aumento de 22% nas quantidades de recicláveis recolhidos, nos três fluxos do ecoponto, quando comparado com o mesmo período homólogo».

Para este resultado, diz a Algar, «contribuiu o forte investimento» feito em 2018, através da colocação de cerca de 750 novos ecopontos na via pública. Em 2019, serão instalados mais 350 novos ecopontos.

Segundo a empresa, ficarão «disponíveis mais de 3900 ecopontos», sendo que o objetivo é garantir o rácio de um ecoponto por cada 126 habitantes.

O investimento nas viaturas de recolha de resíduos ascende aos 1,2 milhões de euros, sendo cofinanciado em 85% pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo de Coesão.

Segundo a Algar, desta forma, «criaram-se condições para assegurar as necessidades da Atividade de Recolha Seletiva, podendo a empresa contar agora com um parque de 29 viaturas».

As novas viaturas estão equipadas «com a mais recente tecnologia de motorização no âmbito do cumprimento da norma EURO VI (emissão de gases)», conclui a empresa.

Comentários

pub
pub