Trabalhadores de estaleiro de Aljezur notificados para abandonar o país

SEF também fiscalizou autocaravanistas em Ferragudo

Dois estrangeiros em situação ilegal, que trabalhavam num estaleiro de construção civil, em Aljezur, foram notificados para abandonar o país, esta quarta-feira, 20 de Março, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Os dois trabalhadores foram detetados no âmbito de uma ação de fiscalização do SEF, em colaboração com a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), que identificou 37 trabalhadores, dois dos quais estrangeiros em situação irregular.

Na mesma operação, foram também levantados três autos de contraordenação a duas empresas «por utilização de atividade de cidadão estrangeiro em situação ilegal e a um trabalhador independente, estrangeiro, por exercício de atividade profissional não autorizado», adianta o SEF.

O organismo identificou também, juntamente com a Polícia Marítima, 23 autocaravanistas na zona de Ferragudo, todos eles de países membros da União Europeia, mas não detetou nenhuma situação irregular relativamente à sua permanência em Portugal.

Comentários

pub
pub