Strak Treak Trio e Tamal Hot Band levam Jazz às Adegas de Silves

Convento do Paraíso e Herdade Barranco do Vale recebem os próximos eventos

Strak Treak Trio, nos dias 8 e 9, na Herdade Barranco do Vale, e Tamal Hot Band, a 15 e 16, no Convento do Paraíso, são os convidados do mês de Março da iniciativa Jazz nas Adegas, em Silves.

Os concertos são às 21h00 e às 17h00, sendo que os bilhetes já estão à venda.

Os concertos são, como sempre, acompanhados de provas dos vinhos produzidos pelas adegas anfitriãs e contemplam ainda a degustação de tapas de produtos locais, num conceito de reconhecido sucesso que marca a oferta cultural de qualidade na época baixa de procura turística pelo Algarve.

Os ingressos custam 12 euros, incluindo, além do concerto, prova de vinhos do produtor, degustação de tapas de produtos locais, voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho.

Estão à venda na plataforma BOL ou num dos seguintes locais: FNAC, Worten, El Corte Inglés, CTT Correios, Pousadas da Juventude, Quiosques Serveasy. O evento destina-se a maiores de 18 anos.

Jazz nas Adegas, organizado pela Câmara Municipal de Silves, integra, mais uma vez, a programação cultural 365 Algarve e conta com produção artística do Ginásio Clube de Faro.

Trata-se de uma iniciativa que pretende dinamizar culturalmente os locais onde se produzem os Vinhos de Silves, numa simbiose entre o vinho, o seu produtor e a música, proporcionando uma experiência única ao público, em locais pouco usuais para a apresentação de um concerto de Jazz.

 

Eis as próximas sessões do Jazz nas Adegas:

12 de Abril. 21h00 | 13 de Abril. 17h00
Mo Francesco Quintetto
Quinta da Malaca, Pêra
Marcas: Malaca e Vale de Parra

26 de Abril. 17h00
Rerum Ensemble
Corticeira Amorim, Silves

17 de Maio. 21h00 | 18 de Maio. 17h00
Desidério Lázaro Trio
Quinta do Barranco Longo, Algoz
Remexido, KO, Barranco Longo e QUÊ

25 de Maio. 17h00
Miss Manouche
Castelo de Silves

+ Info: Setor de Turismo da CMS | tel.: 282 440 800 | email: turismo@cm-silves.pt;

 

STRAK TREAK TRIO
Trio liderado pelo contrabaixista algarvio Paulo Strak, onde a interação musical é descontraída e entusiástica, baseada nos grandes temas do universo jazzístico. Um jazz fresco onde o blues e a bossa-nova também têm lugar de destaque.

HERDADE BARRANCO DO VALE
A Herdade Barranco do Vale situa-se na freguesia de São Bartolomeu de Messines, no lugar dos Campilhos, em plena Serra do Caldeirão.
A propriedade estende-se por cerca de 100ha de grande beleza natural, onde para além da vinha existem sobreiros, alfarrobeiras, oliveiras, pinheiros e medronheiros.
A produção vinícola iniciou-se em 2016 com 4 referências. 3 tintos (2 monocastas e 1 blend) das castas aragonez e castelão e 1 rosé Negra Mole, todos eles classificados como Reserva.
A terceira geração da família que agora administra a propriedade, pretende combinar o tradicional e autêntico com as técnicas mais modernas de modo a disponibilizar ao mercado um produto de excelência.
Às castas existentes (negra mole com cerca de 60 anos e aragonez e castelão com 20) a nova geração já acrescentou castas brancas que começaram a produzir em 2018 e cujas primeiras garrafas chegarão ao mercado no 1º semestre de 2019.
Trata-se de um projeto movido por amor às gerações anteriores e que pretende afirmar-se pela sua qualidade e autenticidade.

TAMAL HOT BAND
O projeto nasceu de uma viagem aos estados de Louisiana e Mississippi por Matías Comino e Pablo Cabra, membros fundadores da Tamal Hot Band.
O contacto com a música que escutaram foi tão forte que os levou à criação deste projeto que conta com uma formação estável e sólida e criativa, que revive composições inspiradas na música tradicional e atual de Nova Orleans e do Estado do Mississippi, música essa que vai do Dixieland e do mais tradicional Ragtime, às raízes mais profundas como o Funk e a Soul.

FICHA ARTÍSTICA
Nacho Botonero — Clarinete e Trompete
António Albanés — Saxofone e Tenor
Pablo Cabra — Bateria e Percussão
Daniel Abad — Contrabaixo
Matías Comino — Guitarra, Banjo e Tenor

CONVENTO DO PARAÍSO
A Quinta de Mata-Mouros localiza-se na freguesia de Silves, mais precisamente na margem esquerda do rio Arade. Com 120 hectares, nela são cultivados há vários séculos diversos frutos típicos da região, entre os quais a uva.
Esta quinta deve o seu nome à abundância de vegetação e de nascentes de água doce, bem como ao facto de, noutros tempos, ter sido porto de chegada dos navegadores mouros.
Após a reconquista cristã, entre os séculos XIII e XV, ali foi construído o convento de Nossa Senhora do Paraíso, que ainda conserva a sua estrutura principal.
Atualmente, produzem-se ali 12 hectares de vinha, com 10 de castas tintas (Aragonez, Touriga-Nacional, Sousão e Cabernet-Sauvignon) e 2 de castas brancas (Arinto e Alvarinho).
Desde Janeiro de 2012 o projeto Convento do Paraíso, uma parceria entre a família Pereira Coutinho, proprietária da Quinta Mata-Mouros, e a família Soares, permite a produção de várias gamas de vinhos.
A viticultura – Manuel Letras e Rui Venâncio – e a enologia – Luís Duarte, Nuno Gonzalez e Renato Neves – são orientadas pela Herdade da Malhadinha Nova e a comercialização e promoção asseguradas pela Garrafeira Soares.

Comentários

pub
pub