Ourique acolhe seminário sobre valorização dos produtos mediterrânicos

Seminário vai juntar em Ourique os parceiros do projeto europeu REALMed

Ourique acolhe amanhã um seminário do projeto europeu REALMed, que pretende melhorar os processos de autenticidade, rastreabilidade e valorização comercial de produtos mediterrânicos tradicionais.

A sessão vai decorrer a partir das 9h30, no Centro de Convívio de Ourique, e contará com a participação de promotores da iniciativa, em Portugal assumida pela Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

O projeto REALMed, que decorre até 2020, tem a participação de seis países mediterrânicos (Portugal, Espanha, Itália, Eslovénia, Marrocos e Tunísia) e nove grupos de investigação, «com o objetivo de contribuírem para o desenvolvimento das economias locais, a sustentabilidade dos processos produtivos e a melhoria da notoriedade dos produtos mediterrânicos no mercado global», segundo a Câmara de Ourique.

Marcelo Guerreiro, presidente da autarquia, será um dos participantes numa mesa redonda agendada para as 12h20, onde se debaterá a  valorização dos produtos mediterrânicos.

Este é um tema caro ao município ouriquense, que «em articulação com os seus parceiros, tem dado expressão à estratégia de afirmação da fileira do porco alentejano e da marca Ourique Capital do Porco Alentejano».

«Neste quadro, entre iniciativas próprias e impulsos desenvolvidos por outras entidades, Ourique tem acolhido diversas iniciativas de valorização do potencial do nosso Mundo Rural, como aconteceu recentemente com a XIII Feira do Porco Alentejano», concluiu a Câmara de Ourique.

Comentários

pub
pub