Marinha Portuguesa ajuda Universidade de Algarve a conhecer melhor os oceanos

O projeto OCASO vai utilizar «uma metodologia inovadora recorrendo a um veículo submarino autónomo para medir as propriedades e a qualidade da água do mar»

As lanchas rápidas da Marinha Portuguesa estão a dar apoio ao projeto transfronteiriço OCASO – Observatório Costeiro Ambiental do Sud-Oeste, da Universidade do Algarve, desde terça-feira.

Esta colaboração irá decorrer nos próximos 12 meses na costa algarvia e o seu grande objetivo é melhorar o conhecimento da circulação oceânica na região.

«Para isso, será utilizada uma metodologia inovadora recorrendo a um veículo submarino autónomo para medir as propriedades e a qualidade da água do mar», segundo a Marinha.

Quando concluído, este projeto Interreg «contribuirá para as atividades económicas na região, como a aquacultura, a pesca e o turismo, mas também fornecerá dados relacionados com a visibilidade para pratica de mergulho ou a qualidade das águas nas praias, que terão interesse para todos os cidadãos».

Fotos: Marinha Portuguesa

Comentários

pub
pub