Lagos aposta na literacia dos Oceanos e na prevenção de bullying nas escolas

Câmara vai apoiar duas iniciativas de intervenção no meio escolar

A Câmara de Lagos vai aderir ao programa Escola Azul do Ministério do Mar/Direção-Geral da Política do Mar e apoiar o projeto “Na Primeira Pessoa”, da associação juvenil Sê Mais Sê Melhor.

A adesão da autarquia a estas duas iniciativas de intervenção no meio escolar, que vão trabalhar, respetivamente, a literacia dos Oceanos e a área comportamental, foi aprovada na reunião de Câmara de dia 6 de Março.

O programa Escola Azul «pretende enquadrar a literacia do oceano na agenda educativa nacional, incentivando e orientando as escolas portuguesas a promover projetos estruturados e transversais, em parceria com os diferentes atores do setor do mar (economia, turismo, desporto, ciência, tecnologia, entre outros)», segundo a Câmara de Lagos.

Outros objetivos desta iniciativa, cuja introdução nas escolas lacobrigenses conta com o apoio do Centro Ciência Viva local, é «criar laços entre a escola e a comunidade local em torno do tema do oceano, fomentar a comunicação entre as diferentes instituições com papel ativo na educação marinha e valorizar as profissões em áreas emergentes ligadas à economia do mar».

O projeto da associação para a promoção do potencial humano Sê Mais Sê Melhor, por seu lado, visa «intervir em contexto escolar para sensibilizar os jovens e agentes educativos sobre temáticas diagnosticadas como relevantes, contribuindo para a prevenção de fenómenos como o bullying e comportamentos de risco relacionados com a violência entre pares, a sexualidade e o consumo de substâncias, entre outros».

«Para o efeito serão utilizadas metodologias de educação não-formal, com intervenção nas mais variadas áreas do comportamento, relação interpessoal, auto-imagem e sistema de valores, em torno de quatro grandes eixos temáticos: “Eu Consigo” (prevenção e intervenção em comportamentos desviantes); “Eu Respeito” (promoção de valores e competências Sociais); “Eu Sou” (promoção do bem-estar e autoconhecimento); e “Eu Sei” (motivação para o estudo)», segundo a autarquia lacobrigense.

Este projeto enquadra-se no programa que a Associação Juvenil Sê Mais Sê Melhor pretende candidatar ao PAJ – Programa de Apoio Juvenil do Instituto Português do Desporto e da Juventude.

Comentários

pub
pub