Conferência em Loulé fala sobre ética e riscos das novas tecnologias

Conferência tem entrada livre

“As novas tecnologias e as pessoas: Ética e riscos associados” é o tema de uma conferência a realiza-se no dia 21 de Março, às 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé.

António Betâmio de Almeida é o convidado desta conferência.

O convidado fará uma perspetiva histórica e enquadramento dos conceitos “Técnica” e “Tecnologia” e a sua relevância atual, bem como uma breve apresentação do que se consideram ser as novas tecnologias, objeto desta intervenção, nomeadamente no que diz respeito à internet, algoritmos, robots e inteligência artificial, referindo ainda a forma de inserção na sociedade – força empresarial e do mercado.

Por outro lado, o conferencista abordará o determinismo tecnológico e o seu enquadramento no contexto social e quais os desafios e potenciais ameaças para as pessoas (ou derivas sociais), para a democracia representativa e para a civilização humana.

As questões éticas e políticas serão então abordadas, tomando como exemplos a possibilidade de regulação e recurso a Direito nestas matérias.

António Betâmio de Almeida é docente e consultor técnico em diversas áreas da Engenharia (Hidráulica, Energia, Recursos Hídricos e Ambiente). Tem desenvolvido intensa atividade nas áreas da segurança de infraestruturas e dos riscos tecnológicos e naturais.

É professor emérito da Universidade Técnica de Lisboa (Instituto Superior Técnico) e membro eleito da Academia de Engenharia de Portugal.

António Betâmio de Almeida

«Conjugando a vida académica com a atividade profissional, nas quais sempre alcançou a excelência técnica e científica, é uma referência nacional nestes domínios e é reconhecido como um investigador de topo a nível mundial», segundo a Câmara de Loulé.

De entre os projetos em que esteve envolvido, destaca-se por exemplo, o cargo de diretor do projeto da OTAN (Science for Stability) – Dams and Safety Management at Downstream Valleys (1994-2000) – projeto inovador de gestão do risco público, com uma equipa multidisciplinar incluindo as ciências sociais o qual influenciou a nova geração de regulamentos de segurança de barragens em Portugal.

É autor ou coautor de diversos livros e de mais de duas centenas de artigos e de comunicações científicas e técnicas. Destaca-se “Fluid Transients in Pipe Networks” (coautoria), editado em 1992 (Menção Honrosa do Prémio Boa Esperança Portugal – Brasil) e “Incertezas e Riscos. Conceptualização Operacional”, editado em 1911.
A contribuição para o desenvolvimento das ciências do risco em Portugal mereceu o Prémio Ciência-Dedicação, de 2016, da Associação Portuguesa de Riscos Prevenção e Segurança.

Recentemente tem vindo a interessar-se pelos riscos e ameaças das novas tecnologias (robots e inteligência artificial) na sociedade e na vida quotidiana das pessoas.

Neste contexto é membro do Grupo de Ética da AGE-Europe (impacto nas pessoas idosas a nível da União Europeia) e do Grupo Interdisciplinar Direito e Inteligência Artificial da Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa.

Esta conferência promovida pela Câmara Municipal de Loulé tem entrada livre.

Comentários

pub
pub