Concurso vai premiar novos valores algarvios da música

Concurso junta várias entidades

O “Música Ja” tem inscrições abertas, até 24 de Março, e é uma oportunidade para os novos valores algarvios da música mostrarem o seu talento. 

«A música é um dos meios, por excelência, para os jovens poderem dar largas à sua imaginação e criatividade. Nos últimos anos, temos assistido a um proliferar de inúmeros projetos musicais de grande qualidade e talento aos quais importa dar oportunidade», diz o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ).

Ao concurso podem-se candidatar projetos musicais cujos elementos sejam residentes no Algarve, tenham entre 14 e 30 anos e que não tenham qualquer contrato discográfico.

As inscrições decorrem entre 1 e 24 de Março, devendo para o efeito os candidatos enviar dois temas para o e-mail faro@ipdj.pt, em formato mp3, com duração não superior a 10 minutos, assim como o formulário de inscrição, disponível aqui.

Dos projetos musicais a concurso serão selecionados, por elementos da Mentecapta-Produções Áudio, oito projetos que irão atuar em duas eliminatórias, a realizar nos dias 12 e 13 de Abril, e que serão avaliados por um júri que valorizará a criatividade, a técnica, a performance em palco, assim como a originalidade e o conteúdo lírico e musical, apurando três projetos que irão disputar a final no dia 27 de Abril, na Direção Regional do Algarve do IPDJ, em Faro.

Os prémios passam pela apresentação ao público no Festival F 2019, na receção ao caloiro da Associação Académica da Universidade do Algarve, numa FNAC, a gravação de um EP, a produção de um videoclipe ou a inclusão de um tema na programação diária da Rádio Universitária do Algarve (RUA) FM e também um cheque formação ETIC_Algarve.

O “Musica Ja” integrará as comemorações do 25 de Abril, promovidas pela Câmara Municipal de Faro, homenageando um dos maiores cantores e compositores da música portuguesa: Zeca Afonso.

Porque o teu talento não pode esperar, a Direção Regional do Algarve do IPDJ, a Mentecapta‑Produções Áudio, a Câmara Municipal de Faro, a ETIC_Algarve, a FNAC Portugal, a Associação Académica da Universidade do Algarve, a Rua FM e o Núcleo de Faro da Associação José Afonso reuniram recursos e criaram esta uma oportunidade para os novos valores da música algarvia.

Comentários

pub