Câmara de Lagos apoia clubes com projetos de desporto adaptado

Decisão enquadra-se no Programa de Formação e Apoio ao Associativismo Desportivo

A Câmara de Lagos vai atribuir cerca de 8.100 euros a clubes do concelho que têm modalidades de desporto adaptado. 

Os apoios financeiros destinam-se «à organização de eventos desportivos e projetos especiais de desporto adaptado desenvolvidos pelos clubes locais», diz a autarquia.

A decisão enquadra-se no Programa de Formação e Apoio ao Associativismo Desportivo (PFAAD) aprovado para a época desportiva 2018/2019, e contempla as modalidades de ténis de mesa, ginástica, atletismo e paraciclismo.

As propostas foram apresentadas pelo Clube de Ténis de Mesa de Lagos, pelo Ginástica Clube de Lagos, pelo Olímpico Clube de Lagos e pelo Ciclo Clube de Lagos.

Os clubes irão receber uma comparticipação financeira, no montante global de 8.188 euros, para fazer face às mensalidades (que, nestes casos, não são cobradas aos atletas), às despesas com os técnicos e à aquisição de materiais específicos da modalidade.

Relativamente ao Ciclo Clube de Lagos, será atribuído um apoio extraordinário de 4 mil euros para ajudar a levar o atleta André Sobreira, que compete na vertente do Paraciclismo, aos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, «projeto que implica uma preparação longa do atleta e a sua participação num exigente calendário de provas de âmbito nacional e internacional», segundo a Câmara Municipal.

Já apoiado anteriormente pela autarquia, André Sobreira sagrou-se vice-campeão no Nacional de Contrarrelógio Individual Master de Paraciclismo em 2015 e vice-campeão no Campeonato Nacional de Contrarrelógio e Fundo na mesma modalidade em 2018.

Comentários

pub
pub