Andreia Silva, João Lopes e Bruno de Sousa são os semifinalistas “algarvios” do Famelab

Eliminatória regional deste concurso internacional decorreu ontem na Universidade do Algarve

Andreia Silva e João Lopes, alunos do mestrado em Oncobiologia da Universidade do Algarve, e Bruno de Sousa, professor no Agrupamento de Escolas Padre António Martins de Oliveira (Espamol), em Lagoa, são os semifinalistas algarvios do concurso FameLab Portugal 2019.

Os três comunicadores de ciência venceram a eliminatória regional do Algarve deste concurso, que se realizou ontem, quinta-feira, na Universidade do Algarve. Em Março vão participar na semifinal, para tentar o acesso à final nacional do Famelab, que decorrerá em Abril ou Maio.

Andreia Silva tem 22 anos. Licenciou-se em Bioquímica na Universidade Nova de Lisboa e, neste momento, encontra-se a terminar o mestrado em Oncobiologia, na UAlg. João Lopes tem 25 anos e é licenciado em Bioquímica pela Universidade de Aveiro e, atualmente, é também aluno do mestrado em Oncobiologia e está a fazer a sua tese com células estaminais.

Os dois alunos da UAlg fizeram apresentações sobre os temas “Metástases: um inimigo mortal?” e “Cancro, as células rebeldes”.

Já Bruno de Sousa, de 38 anos, foi apurado para a meia-final na sequência da apresentação “Estatisticamente somos a mesma pessoa!”. O professor e há oito anos membro da direção do Agrupamento Espamol é licenciado em Ensino de Biologia e Geologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. É autor de manuais escolares e paraescolares, Fullbrighter e, recentemente, investigador na área da inovação educacional.

Aqueles que se apurarem para a final vão participar numa masterclass de comunicação de ciência, para mais bem se prepararem. O vencedor da final nacional FameLab Portugal 2019 representará Portugal na final internacional, que se realiza no Festival de Ciência de Cheltenham, no Reino Unido, em Junho de 2019.

Em Portugal, esta iniciativa é promovida pelo British Council e pela Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica. No Algarve, é uma parceria que conta com a participação dos Centros de Ciência Viva de Lagos, do Algarve e de Tavira e da Universidade do Algarve.

O FameLab é um concurso internacional de comunicação de ciência líder mundial, em que cada concorrente tem três minutos para demonstrar a sua capacidade de comunicar os temas científicos mais diversos, recorrendo sobretudo à palavra e ao gesto, sem a ajuda de suporte multimédia. Os concorrentes são julgados pelo conteúdo, clareza e carisma das suas apresentações.

Comentários

pub
pub