500 anos da Misericórdia de Loulé contam-se em livro

A Santa Casa da Misericórdia de Loulé terá iniciado funções no concelho em 1518

Dois volumes sobre os 500 anos da Misericórdia de Loulé, da autoria de Neto Gomes e Marco Sousa Santos, são apresentados este sábado, 9 de Março, às 16h30, no Auditório do Solar da Música Nova, em Loulé. 

O momento contará com a presença de Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé, e do provedor da Santa Casa da Misericórdia Manuel Semião. O primeiro volume foi da autoria de Marco Sousa Santos, ao passo que o segundo foi escrito por Neto Gomes.

Tendo em conta a documentação conhecida, a Santa Casa da Misericórdia de Loulé terá iniciado funções no concelho em 1518.

Atualmente conta com uma Estrutura Residencial para Idosos, com capacidade para 120 utentes, Centro de Dia para 40 utentes, Serviço de Apoio Domiciliário a 59 idosos e Serviço de Apoio Domiciliário Integrado a 10 pessoas.

A Santa Casa da Misericórdia de Loulé é ainda mediadora do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas (POAPMC), coordenado pelo Banco Alimentar do Algarve, apoiando 43 agregados e perfazendo um total de 114 elementos.

A Santa Casa da Misericórdia de Loulé conseguiu em 2011 recuperar o antigo Hospital de Loulé, tão acarinhado pelos louletanos. Uma recuperação realizada com o apoio da Câmara Municipal de Loulé. Presentemente, este espaço acolhe o Hospital de Loulé, administrado pela sociedade de cotas, da qual a Misericórdia é sócia.

«A Santa Casa da Misericórdia de Loulé tem-se pautado por um trabalho contínuo e atento à realidade da população do Concelho e, dentro da sua área de ação, tem-se vindo a afirmar enquanto parceiro em diferentes projetos», diz a Câmara de Loulé.

Comentários

pub
pub