109 quilos de polvo apreendidos em Vila Real Santo António

Parte do polvo nem sequer tinha o tamanho mínimo permitido

109 quilos de polvo, Octopus vulgaris, foram apreendidos em Vila Real de Santo António, a 1 de Março, pela Unidade de Controlo Costeiro da GNR.

No seguimento de uma ação de fiscalização para impedir a fuga à lota, os militares do Subdestacamento de VRSA apanharm um homem que transportava polvo «sem se fazer acompanhar de nenhum tipo de documento que permitisse a comercialização do referido pescado».

Além da suspeita de fuga à lota, «verificou-se ainda que parte do polvo pescado tinha um peso abaixo do mínimo exigido para a sua captura, ou seja 750 gramas.

O responsável pelo transporte foi identificado e elaborados os autos de notícia por contraordenação.

O polvo apreendido foi doado a uma instituição de solidariedade.

Comentários

pub
pub