Taxa turística, saúde e floresta em debate em novas Jornadas do Arade

Teia d’Impulsos volta a promover o debate sobre o presente e o futuro dos quatro municípios da bacia do Arade

A taxa turística, o Serviço Nacional de Saúde e a gestão florestal são alguns dos temas que estarão em debate nas III Jornadas do Arade, que o Museu Municipal de Portimão vai acolher a 8 e 10 de Março.

O evento procurará debater «os desafios do presente e as projeções para o futuro dos quatro municípios que compõem a Bacia do Arade – Portimão, Lagoa, Silves e Monchique», segundo a Teia D’Impulsos, que organiza a iniciativa.

Um dos pontos altos será a mesa-redonda com os quatro presidentes dos municípios da Bacia do Arade, que serão «convidados a reflectir sobre os caminhos enveredados e a enveredar para o desenvolvimento deste território – um debate que é já uma tradição nas Jornadas do Arade».

Os mais jovens também são convidados a participar nesta «troca de ideias para a promoção do desenvolvimento local, em particular nas áreas da educação, património, emprego e desporto».

Por outro lado, debater-se-ão o património cultural e os eventos culturais intermunicipais, entre outros temas.
Também o evento Portimão, Capital Europeia do Desporto vai ser focado. Será, de resto, com a promoção da prática desportiva à escala local e regional «que será dado o ponto de partida ao programa científico das III Jornadas do Arade».

«Finalizados os trabalhos, passaremos ao desporto, mas à boa e bem divertida maneira tradicional. Integrado na programação da Cidade Europeia do Desporto, a manhã de dia 10 de Março será dedicada às I Olimpíadas do Arade de Jogos Tradicionais. Do avô ao neto, toda a família está convidada a participar», descreve a Associação Social, Cultural e Desportiva portimonense.

O programa provisório das III Jornadas do Arade pode ser consultado no site do evento,  onde os interessados também já se podem inscrever nas Jornadas. Mais informações podem ser obtidas através do email jornadasdoarade@gmail.com.

Comentários

pub
pub