Tavira acolhe seminário sobre a importância do Algarve nos Descobrimentos

Seminário está marcado para o mesmo dia que consta na carta outorgada por D Manuel I, em 1520, que elevou Tavira a cidade

Tavira vai promover o seminário “Um mundo novo – Portugal e o Algarve nos séculos XV e XVI”, no dia 16 de Março, na Igreja da Misericórdia, no âmbito das comemorações dos 500 anos de elevação de Tavira a cidade.

A carta que elevou Tavira a cidade foi assinada por D. Manuel I, a 16 de Março de 1520.

«O seminário visa contextualizar os movimentos sociais, os acontecimentos e as obras relevantes, assim como promover a compreensão de dois séculos no decorrer dos quais Portugal assumiu importância central para o conhecimento dos continentes e das relações entre os povos», segundo a Câmara de Tavira.

Nesse período, Tavira assumiu o papel de «principal urbe do Algarve, importante porto mercantil, lugar estratégico na expansão portuguesa para o Norte de África, terra de navegadores oceânicos como os Corte Real. Nesta cidade residiu D. João II com a sua corte e invernava a Esquadra do Estreito».

As marcas dessas épocas, na cidade, «são, ainda, visíveis no urbanismo, perfil ribeirinho, conventos e igrejas, telhados de tesouro e inúmeros pormenores renascentistas».

No seminário de dia 16 de Março vão participar vários especialistas, nomeadamente Luís Filipe Oliveira/UAlg. (Transição da Idade Média para a Idade Moderna), o comandante José António Rodrigues Pereira/Academia de Marinha (História da Expansão Marítima Portuguesa), Maria da Graça Ventura/Centro de História da Universidade de Lisboa (Algarvios na carreira das Índias), o coronel Luís Albuquerque/Museu Militar de Lisboa (História Militar Portuguesa), Fabrizzio Boscaglia/Universidade Lusófona (Movimentos e conflitos religiosos), Adriana Nogueira/UAlg (Filosofia e Literatura), Catarina Marado/Universidade de Coimbra e UAlg (Urbanismo e arquitetura), Carla Varela Fernandes/ Universidade de Lisboa (História da Arte Portuguesa).

A entrada é gratuita, mediante inscrição.

Comentários

pub
pub