Para compor “O Prato Certo”, produtores locais já podem divulgar o que fazem

Nova ferramenta está ao alcance dos produtores e consumidores, com as novas funcionalidades disponibilizadas no portal para uma «alimentação saborosa, saudável e económica»

A plataforma online “O Prato Certo” disponibiliza, desde Janeiro, um serviço gratuito onde pequenos produtores locais podem divulgar os seus produtos locais e sazonais.

Segundo a associação In Loco, que promove a iniciativa “O Prato Certo”, «muitos pequenos e médios produtores, responsáveis por produtos agroalimentares, pecuários e piscícolas de elevadíssima qualidade, produzidos ou capturados de forma tradicional, desconhecem ainda que existe enquadramento legal para comercializar diretamente ao cliente uma significativa quantidade da sua produção e continuam afastados dos consumidores interessados nesse tipo de produtos».

«Devido à sua pequena escala, também não conseguem penetrar nos grandes circuitos de comercialização, onde frequentemente muitos desses produtos perdem a sua individualidade».

Por outro lado, «os consumidores têm também dificuldade em conhecer estes pequenos produtores e toda a variedade de produtos agroalimentares, pecuários e piscícolas que são produzidos, muitas vezes perto da sua localidade, preferindo os grandes operadores e perdendo a oportunidade de contribuírem para a valorização da produção nacional e local e para a melhoria da qualidade da sua alimentação, a baixo preço».

Por isso esta nova ferramenta está agora ao alcance dos produtores e consumidores, com as novas funcionalidades disponibilizadas no portal para uma «alimentação saborosa, saudável e económica», diz a In Loco.

Neste site, qualquer produtor pode divulgar, de forma gratuita, todos os produtos que resultam da sua atividade e chegar junto de um público «cada vez mais preocupado e interessado por assumir controlo sobre a sua alimentação, realizando escolhas informadas que aumentam a saúde e o bem estar».

A informação sobre os produtos locais e a estação em que são produzidos são apresentados num mapa digital e podem ser filtrados e pesquisados de acordo com as necessidades dos clientes.

Esta plataforma está otimizada para utilização em smartphones e tem muitas mais funcionalidades ao dispor dos visitantes.

Mas não são só os Produtores Locais que podem utilizar esta ferramenta. Também os Mercados Locais, e os Cabazes alimentares se podem inscrever gratuitamente e chegar a um número maior de clientes que preferem os circuitos curtos de produção-consumo e a ligação direta aos produtores.

Comentários

pub
pub