Francisco José Viegas encontra-se com os seus leitores na Biblioteca de Olhão

Em Fevereiro, o autor escolhido para marcar presença na biblioteca é o professor, jornalista e escritor Francisco José Viegas

O escritor e editor Francisco José Viegas vai estar na Biblioteca Municipal José Mariano Gago, em Olhão, no sábado, dia 16 de Fevereiro, às 15h00, para um encontro com os seus leitores.

Este mês, o convidado de honra da bioblioteca olhanense é o professor, jornalista e editor, que é o responsável pela revista LER e foi também diretor da revista Grande Reportagem e da Casa Fernando Pessoa.

Francisco José Viegas, que nasceu em 1962,tem um longo percurso ligado ao jornalismo e à literatura. Pelo meio, exerceu um cargo governativo, o de secretário de Estado da Cultura do XIX Governo Constitucional (Junho de 2011 a Outubro de 2012).

Ao longo da sua carreira, colaborou em vários jornais e revistas e foi autor de vários programas na rádio (Antena 1) e televisão (Livro Aberto, Escrita em Dia, Ler para Crer, Primeira Página, Avenida Brasil, Prazeres, Um Café no Majestic, Nada de Cultura).

Da sua obra, destacam-se livros de poesia (“Metade da vida”, “O puro e o impuro”, “Se me comovesse o amor”) e os romances “Regresso por um rio”, “Crime em Ponta Delgada”, “Morte no estádio”, “As duas águas do mar”, “Um céu demasiado azul”, “Um crime na exposição”, “Um crime capital”, “Lourenço Marques”, “Longe de Manaus” (Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores, 2005), “O mar em Casablanca” e “O colecionador de erva”.

Em 2015, publicou “A dieta ideal” e, em 2016, foi publicada uma coletânea de histórias sobre o inspetor Jaime Ramos — “A poeira que cai sobre a Terra e outras histórias de Jaime Ramos”.

O seu livro mais recente é um volume de poesia, intitulado “Juncos à beira do caminho” (Caminho, 2018).

Comentários

pub
pub