Falência de companhia aérea pode afetar 25 mil passageiros para o Algarve

Pode haver uma quebra de 5% dos passageiros oriundos da Alemanha

A falência da companhia aérea alemã Germania pode afetar o tráfego de 25 mil passageiros para o Algarve, uma quebra de 5% no número total de passageiros provenientes da Alemanha, estimou esta quarta-feira a Associação de Turismo do Algarve (ATA).

Segundo o presidente da ATA, João Fernandes, a falência da companhia de baixo custo implica a perda de quatro rotas entre Faro e as cidades de Erfurt, Munster/Osnabruck, Dresden e Nuremberg, traduzindo-se “numa eventual diminuição de aproximadamente 5% face ao número total de passageiros que chegam ao Algarve” provenientes deste mercado.

 

Leia mais no Jornal de Notícias

Comentários

pub
pub