Dylan Groenewegen ganha em Tavira, Pogacar não larga a amarela

O algarvio Amaro Antunes foi um dos afetados por uma queda no pelotão, mas continuou na corrida

Foto: Nelson Inácio | Sul Informação

Dylan Groenewegen venceu a tirada de hoje da Volta ao Algarve em bicicleta, que ligou Albufeira a Tavira, num total de 198,3 quilómetros. O esloveno Tadej Pogacar não ficou entre os primeiros, mas manteve a camisola amarela.

Logo aos primeiros quilómetros, um grupo liderado por Luís Fernandes, da equipa algarvia Aviludo-Louletano, encetou uma fuga que havia de durar várias horas.

Pelo meio, houve uma queda no pelotão, que afetou o algarvio Amaro Antunes, que, ainda assim, continuou na corrida e manteve o 10º lugar da geral a 2m36s do camisola amarela.

A fuga acabou por ser anulada a 20 quilómetros da meta. A partir daí, o pelotão manteve-se compacto até muito perto da meta, altura em que Dylan Groenewegen, da Team Jumbo Visma arrancou para a vitória.

Entre os ciclistas de equipas algarvias, Nicola Toffali, do Sporting/Tavira, conseguiu a melhor classificação na etapa, ao terminar no 29º lugar, a 7 segundos do vencedor.

Já na geral, Tiago Machado, também do Sporting/Tavira, é o melhor, ocupando o 30º lugar a 6m57s de Pogacar.

Amanhã termina a Volta ao Algarve com a última etapa entre Faro e o Alto do Malhão.

 

 

 

Comentários

pub
pub