Novo projeto da Teia d’Impulsos integra programação da Cidade Europeia do Desporto

A participação nas sessões do “Saber + para Viver Melhor” é de entrada livre

O projeto “Saber + para Viver Melhor”, da associação Teia d’Impulsos, faz parte da programação da Cidade Europeia do Desporto, em Portimão. 

Este novo projeto «consiste num conjunto de sessões de formação dirigidas à comunidade», diz a Câmara de Portimão.

“Saber + para Viver Melhor”, cujo objetivo é educar a população para a saúde, promoção de estilos de vida saudáveis e da literacia em saúde na comunidade, resulta de uma parceria com a Câmara Municipal de Portimão e integra-se no programa da Cidade Europeia do Desporto 2019.

O projeto «vai decorrer mensalmente ao longo deste ano, com mesas-redondas que abordarão diversos temas e incluem as doenças com maior carga de morbilidade e mortalidade na população. Na linha do Portimão – Cidade Europeia do Desporto 2019, em cada uma das sessões será dado destaque ao importante papel que a atividade física desempenha na prevenção, tratamento e reabilitação dessas condições», segundo a autarquia.

O pontapé de saída do “Saber + para Viver Melhor” irá decorrer no próximo dia 31 de Janeiro, a partir das 18h30, na Casa Manuel Teixeira Gomes, localizada em Portimão.

O tema escolhido para o arranque é precisamente um dos problemas de saúde que maior peso tem para a população portuguesa: o Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Em Portugal, o AVC é a principal causa de morte, sendo ainda responsável pelo internamento de mais de 27 mil doentes por ano. Na Europa, o AVC é também a maior causa de incapacidade a longo prazo: cerca de 50 por cento das pessoas que sobrevivem a um AVC ficam com limitações importantes que comprometem a sua qualidade de vida.

Para falar de “O ABC do AVC – Da Prevenção à Reabilitação”, foi constituído um painel de três convidados que abordarão os temas “Prevenir e reconhecer rapidamente… tempo é cérebro!” (Natacha Silveira – Interna de Medicina Interna, Unidade Hospitalar de Portimão do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve), “Reabilitar para reinserir na comunidade” (João Felício – Fisioterapeuta do Grupo HPA Saúde – Hospital de Alvor) e “A importância da Atividade Física na Doença Cerebrovascular” (Pedro Batalau – Divisão de Desporto da Câmara Municipal de Portimão).

A participação nas sessões do “Saber + para Viver Melhor” é de entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. Os participantes terão ainda oportunidade de colocar questões e dúvidas aos especialistas que compõem o painel de convidados.

Mais informações acerca desta e de outras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos encontram-se disponíveis em www.teiadimpulsos.pt e na página de Facebook da associação.

Comentários

pub
pub