Faro volta a atribuir Prémio Municipal de Arquitetura e Arquitetura Paisagista

Prémio será atribuído em três áreas distintas: obra nova, recuperação/reabilitação e espaços exteriores

Créditos: Depositphotos

“Prémio Municipal de Arquitetura e Arquitetura Paisagista” de Faro vai voltar a ser atribuído em 2019. O período de candidaturas abre no dia 1 de Fevereiro e encerra a 31 de Março.

Segundo explica a Câmara de Faro, que promove a distinção, «a iniciativa tem como objetivo promover e incentivar a qualidade arquitetónica, a dignificação da imagem urbana, a valorização e distinção das obras mais relevantes a nível municipal, bem como a salvaguarda do património do concelho. Com a atribuição deste prémio pretende-se traduzir publicamente o reconhecimento do Município ao autor do projeto, ao promotor e ao construtor».

Podem concorrer a este galardão «entidades públicas e privadas e os autores dos projetos de arquitetura e arquitetura paisagista das obras que tenham obtido a correspondente autorização de utilização nos anos de 2017 e 2018».

O prémio será distribuído por 3 secções distintas: Obra Nova, Recuperação/Reabilitação e Espaços Exteriores.

O regulamento do prémio pode ser consultado no site do Municipio. Já a colocação de dúvidas ou o pedido de esclarecimentos deve ser feito por escrito, por correio ou através do e-mail dotru.diu@cm-faro.pt.

O Prémio Municipal de Arquitetura foi instituído em 1995 pela autarquia «com o objetivo de incentivar as boas práticas desta disciplina e contribuir para a melhoria da qualidade ambiental e construída do concelho. No entanto, com o passar do tempo, este prémio deixou de se realizar com a regularidade preconizada. Bienal, o prémio retomou em 2017 com uma novidade, a inclusão da arquitetura paisagista como uma das disciplinas a distinguir», explica a Câmara de FAro.

Comentários

pub
pub