Faro promove encontro europeu inédito para falar de rooftops

Encontro terá participantes oriundos do Chipre, Holanda, Itália, Republica Checa, Bélgica, Áustria e Espanha

O 1º Encontro Europeu de Rooftops (açoteias) vai realizar-se em Faro nos dias 10 e 11 de Janeiro. Esta é a primeira vez que se realiza uma iniciativa do género.

Segundo explica a Câmara de Faro, que promove o encontro, o objetivo do evento é o de «criar sinergias entre proprietários/gestores de rooftops (terraços), arquitetos, agentes culturais, empreendedores e outros intervenientes que, direta ou indiretamente, desenvolvem trabalho nos rooftops em Faro e no Algarve, com alguns dos casos de sucesso vindos de um pouco por toda a Europa».

«As condições climatéricas, associadas às características das construções na região algarvia (normalmente com açoteias e linhas direitas), originam um enquadramento paisagístico que pode ser explorado e desenvolvido em termos de sustentabilidade, desenvolvimento cultural e motivo de atração para inúmeras atividades com um grande impacto num turismo mais qualificado», considera a autarquia.

A Câmara de Faro diz que ao aperceber-se da «falta de conhecimento e troca de experiências entre os vários agentes» decidiu «avançar com este 1º encontro que, além da participação de intervenientes locais e regionais, contará com participantes oriundos do Chipre, Holanda, Itália, Republica Checa, Bélgica, Áustria e Espanha, com o objetivo de criar uma rede de partilha de experiências e conhecimentos, assim como potenciais parcerias entre as várias entidades e empresários presentes».

Este 1º Encontro Europeu de Rooftops começa na manhã do dia 10 com uma visita dos participantes ao centro histórico de Faro e a «diversos locais com potencial de serem utilizados em futuras iniciativas».

A tarde será ocupada com uma reunião de brainstorming que terá representantes da Câmara Municipal de Faro e da Boiling (entidade organizadora do ROEF Festival em Amsterdão) como anfitriões e coordenadores da discussão de ideias entre os vários participantes.

Já às 20h00, irá decorrer um jantar-conferência com a participação de Mattijs Maussen, um «experiente profissional ligado ao desenvolvimento de estratégias sustentáveis de trabalho na União Europeia que, entre outras iniciativas, durante 21 anos de trabalho, esteve envolvido na coordenação de 16 diferentes Capitais Europeias da Cultura, tendo sido igualmente consultor da PricewaterhouseCoopers, contando ainda no seu currículo com a realização de workshops, seminários e conferências em mais de 60 países», realça a Câmara de Faro.

Para o dia 11, está marcado um workshop, onde serão debatidas questões como a criação de uma rede europeia de rooftops, formas de cooperação em rede, ou qual o impacto positivo que um Festival de Rooftops pode ter nas políticas urbanas no futuro.

A terminar o encontro, às 17h30, serão apresentados os resultados e conclusões deste 1º Encontro Europeu de Rooftops, no Restaurante-Bar “O Castelo”, na zona histórica da cidade.

Comentários

pub
pub