Algarve volta a ser a região com maior crescimento do PIB em 2017

O INE estima que a taxa de crescimento do PIB do Algarve tenha sido de 3,5%, em 2017

O Algarve foi, «pelo segundo ano consecutivo, a região NUTS II com maior crescimento do PIB». O Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou os dados relativos às Contas Regionais 2017, que revelam que a região algarvia teve uma taxa de crescimento do Produto Interno Bruto de 3,5%, naquele ano.

Estes dados, que ainda são provisórios, confirmam «o bom momento da economia algarvia e o contributo para o crescimento económico de Portugal», considerou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

Os dados publicados pelo INE também incluem os valores definitivos do crescimento da taxa do PIB do Algarve, em 2016, que se fixou nos 4,8%.

«A revisão do valor de 2016 atribui agora à região uma taxa de variação real de 4,8% nesse ano e de 3,5% em 2017 (dado provisório), reforçando a trajetória de divergência positiva face à média nacional, retomada em 2014. Em ambos os casos o crescimento foi bastante superior ao que ocorreu no país (1,9% em 2016 e 2,8% em 2017). Se considerarmos o crescimento acumulado do PIB nos últimos 4 anos, o Algarve (14,5%) duplica, praticamente, o valor registado a nível nacional (7,4%)», enquadrou a CCDR do Algarve.

Na prática, isto significa que «a região aumentou o seu contributo para o Produto nacional, evoluindo de 4,56% para 4,63%, aproximando-se mais do “objetivo mobilizador” Algarve 2020, que traduz a ambição de elevar esse contributo para 4,9%».

Todos os dados apurados pelo INE, relativos às contas do Algarve, foram compilados em nova edição dos cadernos “Números em Destaque”, elaborados pelo Órgão de Acompanhamento das Dinâmicas Regionais (OADR), que integra a estrutura da CCDR do Algarve.

Comentários

pub
pub