Pedro Valadas Monteiro é o novo diretor regional de Agricultura e Pescas do Algarve

O escolhido pelo Governo, após processo de seleção pela CReSAP, já tinha sido diretor regional adjunto

João Pedro Valadas da Silva Monteiro, mais conhecido como Pedro Valadas Monteiro, de 48 anos, vai ser, a partir de sábado, dia 15 de Dezembro, o novo diretor regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG).

O despacho da sua nomeação para o cargo, «em regime de comissão de serviços por 5 anos», foi hoje publicado em Diário da República.

O despacho, que produz efeitos a partir de dia 15, é assinado em conjunto pelos secretários de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, e das Pescas, José Apolinário. A escolha de Pedro Valadas Monteiro resulta de concurso aberto no âmbito da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP), em Maio passado.

Pedro Valadas Monteiro, que é professor auxiliar convidado da Universidade do Algarve, é investigador do Centro de Investigação sobre o Espaço e as Organizações (CIEO) da UAlg e era o representante do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural na CReSAP.

É ainda técnico superior da Direção Regional onde agora vai assumir funções de chefia máxima. Esta é, aliás, uma casa que conhece muito bem, uma vez que já aí desempenhou vários cargos e funções, tendo mesmo sido diretor regional adjunto da DRAPALG entre 2009 e 2012, quando esta era dirigida por Joaquim Castelão Rodrigues.

É também licenciado em Engenharia Agronómica, ramo de Engenharia Rural, pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa, tendo depois feito o seu doutoramento em Gestão pela Universidade de Évora.

Pedro Valadas Monteiro é especialista em temas de desenvolvimento rural e territorial, economia do mar, ambiente, gestão, inovação e empreendedorismo.

Substitui no cargo o anterior diretor regional Fernando Severino, cuja comissão de serviço chega agora ao fim e não foi reconduzido.

 

Nota curricular
Nome: João Pedro Valadas da Silva Monteiro.
Data de nascimento: 17 de maio de 1970.

Formação académica:
2012 — Doutorado em Gestão pela Universidade de Évora;
2002 — Mestre em Gestão Empresarial pela Faculdade de Economia da Universidade do Algarve;
1995 — Licenciatura em Engenharia Agronómica, ramo de Engenharia Rural, pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa.

Formação complementar relevante:
2009 — Curso de formação de Peritos Avaliadores Judiciais, Centro de Estudos Judiciários (integra a Lista Oficial do Tribunal da Relação de Évora).
2006 — Programa de Formação em Gestão Pública (FORGEP), Instituto Nacional de Administração;

Experiência profissional:
2012 até ao presente — Técnico Superior da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve;
2009- 2012 — Diretor Regional Adjunto de Agricultura e Pescas do Algarve;
2007 -2009 — Diretor de Serviços de Planeamento e Controlo da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve;
2005 -2007 — Delegado Adjunto distrital de Faro da Ordem dos Engenheiros;
2004 -2007 — Diretor de Serviços de Planeamento e Política Agroalimentar da Direção Regional de Agricultura do Algarve;
2001 -2004 — Chefe de Divisão de Hortofloricultura da Direção Regional de Agricultura do Algarve;
1995 -2001 — Técnico da Divisão de Infraestruturas Rurais, Hidráulica, Engenharia Agrícola e Ambiente da Direção de Serviços de Desenvolvimento Rural da Direção Regional de Agricultura do Algarve.

Outra atividade profissional relevante:
2016/17 e 2017/18 — Professor Auxiliar Convidado da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve.

Publicações: Diversas publicações no domínio do desenvolvimento rural e territorial, economia do mar, ambiente, gestão, inovação e empreendedorismo.

Comentários

pub
pub