Designação dos Bombeiros Voluntários de VRSA passa a incluir Castro Marim

Câmara de Castro Marim considera que nova designação da corporação de bombeiros é uma «questão de justiça»

A Associação Humanitária de Bombeiros de Vila Real de Santo António (AHBVVRSA) vai passar a integrar Castro Marim na sua designação. Esta medida «vem consolidar uma relação que sempre existiu, uma vez que este município, o único do país sem corporação, já fazia parte da zona de intervenção desta Associação», diz a Câmara de Castro Marim.

«É uma questão de justiça e devia ter acontecido há muitos anos, até porque Castro Marim também contribuiu financeiramente com a corporação. Este ano, se aprovarmos uma taxa de 0,39% de IMI, conseguiremos aumentar substancialmente a verba [cerca de 150 mil euros/ano]», realça Francisco Amaral, presidente da câmara municipal de Castro Marim.

Apesar de só agora Castro Marim passar a integrar a designação dos Bombeiros Voluntários de VRSA, «a cooperação e a comunhão de objetivos entre a AHBVVRSA e o município de Castro Marim tem já projetos em prática, que têm estreitado os laços e constituído bons exemplos desta parceria, como a celebração de um protocolo entre ambas as instituições e o INEM, que permitiu a instalação do Posto de Emergência Médica (PEM) no Azinhal».

Está ainda em curso um projeto de investimento de cerca de 627 mil euros, «que permitirá uma nova Unidade Local de Formação, também no Azinhal, para gestão e coordenação pela AHBVVRSA, no âmbito do seu estatuto enquanto entidade formadora integrada na rede da Escola Nacional de Bombeiros», conclui a Câmara de Castro Marim.

Comentários

pub
pub