Câmara de Beja quer reabilitar o edifício da Piscina Descoberta

Intervenção vai custar perto de 1,8 milhões de euros

A Câmara Municipal de Beja candidatou, durante este mês de Dezembro, ao programa Alentejo 2020, o projeto de reabilitação e refuncionalização do edifício da Piscina Descoberta da cidade.

Segundo a autarquia, trata-se de «uma intervenção há muito desejada por todos os utilizadores daquele espaço em particular e todos os munícipes em geral, uma vez que nunca foi intervencionada a fundo, considerando os seus mais de 50 anos de existência».

A candidatura prevê um custo total de 1,788 milhões de euros, cofinanciado pelo Programa Operacional Regional Alentejo 2020.

«A intervenção consiste na requalificação e refuncionalização do edifício da Piscina Descoberta, transpondo-o para o século XXI, para que possa dar resposta às necessidades atuais de apoio às piscinas propriamente ditas e por outro, dotá-lo de novas valências que possam trazer um valor acrescentado ao espaço, dinamizando-o de forma apelativa a várias faixas etárias, com o objetivo também de o tornar financeiramente sustentável», explica a Câmara de Beja.

Comentários

pub
pub