Hotel de quatro estrelas em Castro Marim foi aprovado

Hotel terá dois pisos, 44 quartos, piscina exterior e solário

A construção de um hotel de quatro estrelas, em Castro Marim, foi aprovada, esta segunda-feira, em reunião de Câmara. O hotel, que será o primeiro da vila, representa um investimento de 2,5 milhões de euros e deverá entrar em funcionamento dentro de dois anos.

O hotel será construído ao lado do jardim infantil e «vem colmatar uma falta há muito sentida na sede de concelho, que recebe diariamente um número considerável de turistas, que depois se veem obrigados a procurar alojamento fora», explica a Câmara de Castro Marim.

O primeiro hotel em Castro Marim terá dois pisos, 44 quartos, piscina exterior e solário. Este é um projeto do proprietário do Hotel Apolo de Vila Real de Santo António.

O novo empreendimento tem a assinatura do Aarquiteto José Alberto Alegria, também autor do projeto do Revelim de Santo António e da Biblioteca Municipal de Castro Marim, «contribuindo para a criação de uma harmonia arquitetónica, marcada pela influência mediterrânica do Algarve Al-Andaluz», segundo a autarquia.

O presidente da Câmara de Castro Marim Francisco Amaral lembra que esta vila do Sotavento «era a única sede de concelho do Algarve sem uma unidade hoteleira», pelo que se «está a fazer justiça» com o seu avanço.

Ao mesmo tempo, é suprimida «uma grande lacuna na oferta turística da vila, além de ser uma fonte de emprego».

Este não é o único projeto na área da hotelaria que está a avançar no concelho. Também está prevista a construção de hotéis rurais em Odeleite (Vale das Gatas) e na zona da Maravelha (Castro Marim), entre outros investimentos.

«A desburocratização dos processos de licenciamento e o estímulo à iniciativa privada têm promovido o aparecimento de novos investimentos», considerou Francisco Amaral.

Na mesma reunião em que a construção do novo hotel de quatro estrelas foi aprovada, foi consignada a obra da ciclovia, que ligará Castro Marim a Vila Real de Santo António, obra com um prazo de execução de 8 meses.

Comentários

pub
pub