Albufeira investe 8 milhões nos lares de Olhos de Águas e Fontainhas

Tradicional cerimónia de apresentação de cumprimentos e mensagem de Ano Novo terminou com atuação do Grupo Coral do Conservatório de Albufeira

A Câmara de Albufeira vai investir 8 milhões nos Lares e Centros de Dia que serão construídos nos Olhos de Águas e Fontainhas. Esta foi uma das principais novidades para 2019 anunciadas na quinta-feira, dia 27, pelo presidente José Carlos Rolo, na já tradicional cerimónia de apresentação de cumprimentos e mensagem de Ano Novo, que teve lugar nos Paços do Concelho.

O autarca anunciou que, no próximo ano, o foco da Câmara de Albufeira vai estar nos investimentos sociais, no «ser humano». «Quando investimos na educação, no desporto, na habitação e na ação social, esses são investimentos que não são lucrativos em termos de dinheiro, mas que têm grande impacto na sociedade», sublinhou José Carlos Rolo.

O Município garante «apoios ao arrendamento, à prática desportiva e cultural, a tudo o que são melhorias nas escolas e parques desportivos», disse o autarca aos jornalistas, no fim da cerimónia. «No fundo, isto é investir nas pessoas», frisou.

Além dos dois lares (o das Fontainhas foi iniciado pela Nuclegarve mas agora a Câmara irá assumir a sua construção), está ainda previsto um terceiro, nos Caliços. Mas aí, anunciou o edil , o processo está «mais atrasado» e só deverá avançar «no fim do ano de 2019».

Setor a que a Câmara de Albufeira também vai dedicar especial atenção no próximo ano é o da habitação.  José Carlos Rolo anunciou que está prevista a criação de três novos Polos de Habitação Municipal nas freguesias de Paderne (40 frações), e Albufeira e Olhos de Água (20+29 fogos).

«Um dos principais problemas é que a autarquia não tem património. Deveriam ter sido adquiridos terrenos para que agora os pudéssemos utilizar. Estamos a tentar adquirir algumas parcelas conforme vão aparecendo», explicou. Estes terrenos, acrescentou, vão servir para construir  habitação social, mas também para a criação de espaços verdes e de parques de estacionamento.

José Carlos Rolo também recordou os principais momentos de 2018, alguns «menos bons», como a morte inesperada do anterior edil  Carlos Silva e Sousa, «a quem presto desde já a minha sincera homenagem». O atual presidente da Câmara, que assumiu a liderança em Março passado, faz um balanço positivo destes meses à frente do Município: «o executivo tentou reorganizar os serviços», garantindo a entrada de «sangue novo», e «deu início a um conjunto alargado de investimentos, entre eles na Rede Viária de todas as freguesias, onde investimos perto de 2, 5 milhões de euros».

Como antigo professor que é, o presidente fez questão de destacar ainda as áreas da Educação, com a melhoria do parque escolar existente e com a recente medida da isenção do pagamento das refeições no pré-escolar e primeiro ciclo das escolas do concelho.

A nível desportivo, José Carlos Rolo relembrou as intervenções realizadas a diversas infraestruturas, quer municipais quer dos clubes: «Albufeira é um concelho riquíssimo em associativismo, sobretudo desportivo. Os clubes têm uma forte dinâmica e a autarquia tem apoiado financeiramente, com transportes, logística, instalações, homenagens e eventos desportivos, ou seja, tentamos criar todas as condições para que as várias modalidades possam ser praticadas em Albufeira».

O bom relacionamento também se estende às associações empresariais, nomeadamente a APAL, em parceria com a qual a Câmara esteve, durante o corrente ano, presente «nas principais feiras europeias», para fazer a promoção turística do concelho no estrangeiro, «Em 2019, esperamos contar com um reforço de parcerias com outras entidades para que juntos possamos chegar mais longe», adiantou o presidente da Câmara.

Investimento que também irá avançar no próximo ano é a implementação de um sistema de videovigilância, com o qual «se pretende dotar residentes e turistas de maior segurança».

Outros projetos para 2019 são a revitalização da Baixa de Albufeira e de Olhos de Água, «num processo que terá de contar também com as pessoas que aí moram e com os comerciantes», bem como a revisão do PDM, que deverá «terminar até final do ano».

O executivo irá igualmente «analisar a transferência de competências do Governo Central para a Câmara Municipal, nomeadamente nas áreas da Educação, Saúde, Limpeza de Praia e licenciamento dos concessionários de praia». «Temos de decidir até final de Janeiro, nuns casos, e de Fevereiro, noutros, o que queremos aceitar dessa transferência de competências», disse.

O edil prometeu ainda o melhoramento – «e muito» – na Higiene Urbana do concelho, através  da contratação de diferentes prestadores de serviços. «Estamos no final do contrato com a empresa atual, por isso esta é a fase ideal parta melhorar o serviço».

José Carlos Rolo garantiu, por outro lado, que o Município está ao lado das associações, empresários e cidadãos que queiram participar no desenvolvimento das atividades municipais. «Queremos contar convosco para tomarmos decisões partilhadas em prol do desenvolvimento da nossa comunidade», assegurou, dirigindo-se diretamente às dezenas de representantes do movimento associativo albufeirense presentes.

A cerimónia terminou com a atuação do Grupo Coral do Conservatório de Albufeira, que entoou diversas canções de Natal, e com a entrega de uma lembrança a todos os presentes, desde autarcas, entidades oficiais, forças de segurança pública, representantes do movimento associativo e munícipes.

Em resumo, o presidente da Câmara José Carlos Rolo anunciou um novo ano de 2019 «com bastante trabalho e com ainda mais investimento, para que tenhamos uma comunidade com qualidade de vida e feliz».

 

Fotos: Elisabete Rodrigues | Sul Informação e Câmara Municipal de Albufeira

 

Comentários

pub
pub