Fortaleza de Sagres acolhe concerto de canto e cravo

O espetáculo é protagonizado pela mezzosoprano Joana Godinho e pelo cravista Rafael Reis

A Igreja de Nossa Senhora da Graça da Fortaleza de Sagres vai acolher o concerto de canto e cravo “Promontorium Sacro: Música e História do Fim do Mundo”, amanhã, dia 13 de Novembro, às 16h00.

O duo de canto e cravo é composto pela mezzosoprano Joana Godinho e pelo cravista Rafael Reis e apresentará um repertório do renascimento e do barroco.

Este é um projeto da Academia de Música de Lagos «que procura seguir uma pequena parte do trajeto histórico de Sagres, da Vila do Bispo e dos passos do Infante D. Henrique no Barlavento algarvio mais ocidental», segundo a Direção Regional de Cultura do Algarve, que apoia o evento através do DiVaM 2018 – Programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos.

A Academia de Música de Lagos evoca, com esta iniciativa, «as memórias associadas aos locais, relembrando a sua dimensão enquanto espaço patrimonial físico, o seu reflexo na memória histórica comum» e associa-lhe, «este cariz musical para exaltar e comemorar esta união».

O concerto realiza-se no âmbito da homenagem ao Infante D. Henrique, na passagem dos 558 anos sobre a sua morte, e será antecedido por uma missa em honra do Infante, marcada para as 15h00.

Comentários

pub
pub