Feira da Perdiz voltou a mostrar potencialidades cinegéticas de Alcoutim

Certame é «um contributo para reforçar a identidade do concelho»

A XI Feira da Perdiz voltou a mostrar, no passado fim de semana, de 10 e 11 de Novembro, as potencialidades cinegéticas do concelho de Alcoutim. 

O Pavilhão Municipal José Rosa Pereira, em Martim Longo, foi palco do certame que contou com «centenas de visitantes nacionais e estrangeiros». Todos puderam usufruir da «oportunidade de desfrutar das muitas atividades e espetáculos e iguarias da Feira».

Organizada pelo Município de Alcoutim e pela Associação de Desenvolvimento Etnográfico Cultural de Martim Longo (ADECMAR) em colaboração com diversas entidades, a Feira da Perdiz contou com a presença de dezenas de expositores, nas mais distintas áreas, das quais são exemplos, a cinegética, o artesanato e a doçaria regional.

A cerimónia de abertura oficial contou com a presença de Osvaldo Gonçalves, presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, e de Miguel Freitas, secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural.

Este certame «integrou um programa de natureza bastante eclética, com atividades como espetáculo equestre, colóquios, corridas de galgos, concurso canino, marcha-corrida, falcoaria, degustação, animação musical», segundo a autarquia.

Do programa da Feira, destaca-se a promoção gastronómica da região, «com grande ênfase para a qualidade dos produtos endógenos e para a necessidade de valorizar e divulgar a forma tradicional de “saber fazer”».

Por exemplo, durante o evento, decorreu a degustação “Talega do Caçador – O Pior do Porco”, executada pela empresa local “Feito no Zambujal”, que deliciou os presentes com a salada de focinheira fumada, xarém com papada curada, coração de porco com cebola caramelizada e pickles de cenoura e tostas de fígado com cebolada.

Custódio Moreno, diretor regional do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), durante a marcha-corrida realizou uma pequena homenagem a Luís Conceição, vereador com o pelouro do Desporto, devido a ter levado a seleção feminina de futsal à conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude. 

Segundo Osvaldo Gonçalves, a Feira da Perdiz é «um contributo para reforçar a identidade do concelho, promover o potencial cinegético da região e valorizar e divulgar a nossa gastronomia, assim como outros produtos endógenos de grande qualidade».

Comentários

pub
pub