Feira da Perdiz é «um hino ao mundo rural de Alcoutim»

Este vai ser um «fim de semana em grande» em Martim Longo

Imagem de Arquivo

É um «hino ao mundo rural de Alcoutim» que promete levar milhares de pessoas ao Pavilhão Municipal José Rosa Pereira, em Martim Longo. A Feira da Perdiz arranca este sábado, 10 de Novembro, e espelha as «potencialidades na área cinegética» deste concelho. 

É que a caça é mesmo uma das principais atividades económicas de Alcoutim e uma das maiores empregadoras, levando, inclusive, muitos visitantes ao concelho.

«Esta é uma área estratégica em que temos apostado. Por isso, entendemos que a Feira da Perdiz é um hino a todo este potencial cinegético e a todo um mundo rural que queremos preservar e potenciar. Temos aqui, por exemplo, um investidor que tem uma área de 18 hectares de couto que desenvolve, ao longo do ano, dezenas de jornadas de caça», disse Osvaldo Gonçalves, presidente da Câmara de Alcoutim, ao Sul Informação.

O próprio nome da feira remete para a riqueza do concelho, nesta área. Como frisou a Câmara de Alcoutim, a perdiz-vermelha, «rainha da caça menor, é particularmente comum nesta região. Apesar de ter sofrido um marcado declínio na Península Ibérica, em Alcoutim não é raro sermos surpreendidos por um bando de perdizes-vermelhas a atravessar a estrada».

Osvaldo Gonçalves

O certame arranca amanhã, dia 10, com um caçada aos coelhos, marcada para as 8h00. Para a tarde, está marcado o colóquio “Repovoamento cinegético – prós e contras” (14h30), seguido, às 17h00, de uma exibição de voo e demonstração de falcoaria.

No domingo, segundo e último dia da Feira da Perdiz, além de uma marcha-corrida, às 10h00, haverá uma corrida de galgos (10h30), bem como um espetáculo equestre, às 16h00. No dia 11, também decorrerá o 1º Trail “Na rota da perdiz”.

Tudo iniciativas que, em conjunto com «a forte componente gastronómica», prometem levar «5 a 6 mil pessoas à Feira da Perdiz», garante Osvaldo Gonçalves.

Este é, com efeito, um «certame que mexe com a economia local». «Os restaurantes, as tasquinhas e os expositores presentes vendem. Até há pessoas que chegam a estar ansiosas por chegar esta altura», disse o presidente da Câmara de Alcoutim ao Sul Informação.

Na parte da animação, os convidados são Augusto Canário, que dará um concerto no sábado às 22h00, e o grupo Brasa Doirada, com atuação marcada para domingo, às 17h30.

Também confirmada, está a presença de Miguel Freitas, secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, que vai inaugurar o certame.

«Vamos ter um fim de semana em grande e com festa em Martim Longo», concluiu, entre risos, Osvaldo Gonçalves.

Para consultar o programa completo, clique aqui. 

Comentários

pub
pub