Faro, Vilamoura e Baixo Guadiana passam a integrar rede de Estações Náuticas Portuguesas

Cerimónia de certificação das estações náuticas foi presidida por Ana Paula Vitorino, ministra do Mar

Faro, Vilamoura e Baixo Guadiana viram aprovadas, na passada sexta-feira, 16 de Novembro, as suas candidaturas à Certificação de Estação Náutica, passando a integrar a rede de Estações Náuticas Portuguesas. 

A Associação Fórum Oceano certificou as três estações náuticas, numa cerimónia realizada no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

Por Estação Náutica de Faro «entende-se a organização da oferta náutica em rede, direcionada para o turista e para o residente, potenciando os recursos náuticos presentes no território, aproveitando a ligação da cidade à Ria Formosa, associando-os à oferta hoteleira, à restauração, às atividades de animação turística náuticas e a outras relevantes para a atração de turistas e outros utilizadores, acrescentando valor e criando experiências diversificadas e integradas», diz a Câmara de Faro.

«As entidades ligadas ao ensino, formação profissional e superior, a centros de investigação e a associações e clubes locais, também presentes nesta rede, refletem o reconhecimento de Faro enquanto destino náutico por parte da população residente», explica a autarquia.

A Estação Náutica de Faro conta com mais de 40 entidades parceiras públicas e privadas que visam a implementação de Faro como um destino náutico. A certificação agora obtida permitirá reforçar a aposta do Município na promoção turística do Turismo Náutico com um vasto plano de ações junto dos principais mercados emissores de turistas com destaque para o mercado nacional, espanhol e inglês.

Já a Estação Náutica de Vilamoura, situada no concelho de Loulé, tem como objetivo apoiar a criação de uma rede com condições para a prática de atividades náuticas de qualidade em torno de uma oferta conjunta de alojamento, restauração, animação turística, ensino, saúde e bem-estar, cultura, desporto e outras atividades e serviços de apoio à náutica, atraindo turistas/visitantes e comunidade local, permitindo a criação de uma oferta integrada, acrescentando valor e gerando emprego durante todo o ano.

Esta estação náutica, coordenada pela Câmara Municipal de Loulé e Marina de Vilamoura, conta com 65 entidades parceiras, que fazem parte do Conselho da Estação Náutica. Pretende-se a melhoria da coordenação e concertação entre todos os parceiros da Estação Náutica numa atuação conjunta, visando a promoção, divulgação e comunicação de todas as infraestruturas e serviços da Estação Náutica, permitindo através da colaboração e cooperação de todos.

As Estações Náuticas têm por base uma rede de oferta turística náutica de qualidade, local ou regional, organizadas a partir da valorização integrada dos recursos náuticos presentes num território, incluindo oferta de alojamento, restauração, atividades náuticas e outros serviços relevantes, com o objetivo de atrair turistas e outros utilizadores, criando experiências diversificadas e integradas.

Comentários

pub
pub