Detido autor da ameaça de bomba na Universidade do Algarve

No exterior permanecem muitos alunos, professores e funcionários, mas o ambiente é de calma

Foto: Nuno Costa | Sul Informação

Já foi detido o autor da ameaça de bomba desta quarta-feira, 21 de Novembro, no Campus da Penha da Universidade do Algarve (UAlg), em Faro.

A informação foi avançada por fonte da Polícia de Segurança Pública (PSP) ao Sul Informação. Ao que tudo indica, terá mesmo sido um antigo professor da UAlg o autor da ameaça de bomba que obrigou à evacuação do campus. O homem foi detido em casa e estava de baixa psiquiátrica.

Ao que o nosso jornal apurou, na passada segunda-feira, o suspeito já teria ido à escola, apresentando um comportamento incorreto ao ameaçar António Guerreiro, diretor da Escola Superior de Educação e Comunicação (ESEC).

Isabel Planeta, funcionária da ESEC da Universidade do Algarve, contou ao Sul Informação que a evacuação foi «conduzida pelos seguranças e de forma calma».

Foto: Nuno Costa | Sul Informação

«Primeiro evacuaram a ESEC, depois a cantina, depois o Instituto Superior de Engenharia e, no fim, a Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo», disse. Ainda assim, a funcionária revelou que não «teve tempo de tirar os pertences que lá ficaram».

Miguel, aluno de Turismo, soube da ameaça antes de a escola ser evacuada. «A informação já circulava», contou à reportagem do Sul Informação. 

No local continua o perímetro de segurança, com a Polícia Judiciária. A equipa de inativação de engenhos explosivos e segurança no subsolo da PSP também já se encontra no campus da Penha.

No exterior permanecem muitos alunos, professores e funcionários, mas o ambiente é de calma.

A ameaça de bomba foi recebida perto das 11h30 e obrigou a evacuar a ESEC, Instituo Superior de Engenharia e Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo.

Esta é a segunda ameaça de bomba registada, numa semana, no Algarve. Na passada quarta-feira foi o Albufeira Shopping a ser evacuado.

 

Comentários

pub
pub