Avião aterra de emergência no Aeroporto de Beja à terceira tentativa

Avião sofreu «falha crítica nos sistemas de navegação e controlo de voo»

Um avião em situação de “emergência” conseguiu aterrar este domingo em Beja à terceira tentativa, noticia o jornal Público, citando fonte da NAV (Navegação Aérea de Portugal).

Trata-se de um Embraer 190 da companhia aérea Air Astana, do Cazaquistão, que descolou da pista de Alverca, onde estaria a fazer manutenção nas oficinas da OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal. Tinha seis tripulantes a bordo.

A Air Astana já confirmou, em comunicado, que a aeronave sofreu «problemas técnicos».

Ainda segundo o Público, o avião foi acompanhado por duas aeronaves F16 da Força Aérea na sua aterragem de emergência na pista alentejana.

A situação terá sido provocada por uma «falha crítica nos sistemas de navegação e controlo de voo».

As autoridades chegaram a equacionar a possibilidade de a aeronave fazer uma amaragem no rio Tejo, solução que foi afastada por causas das condições atmosféricas. A Marinha chegou a estar de prevenção.

O piloto foi conseguindo recuperar alguns dos instrumentos que se tinham avariado, acabando por aterrar em Beja.

Comentários

pub
pub