Aldeia da Cortelha junta-se para construir presépio de cortiça

A inauguração do presépio da Cortelha será realizada no dia 15 de Dezembro

A população da aldeia da Cortelha, no concelho de Loulé, está, mais uma vez, a construir e montar um tradicional presépio em cortiça que estará patente ao público de 15 de Dezembro a 6 de Janeiro. 

A ideia da construção deste presépio teve inicio em 2004 para que a aldeia fosse representada na iniciativa dos Presépios nas Aldeias do Algarve, tendo arrecadado, nesse mesmo ano, o prémio de Melhor Presépio.

Desde aí, a população tem levado a cabo esta atração como forma de comemorar a época natalícia na aldeia e levar mais visitantes ao interior do concelho de Loulé.

O presépio desta aldeia da freguesia de Salir «pretende espelhar o contexto global do significado do Natal, desde o caminho a percorrer pelos Reis Magos, até à cabana onde tradicionalmente se atribuí o nascimento de Jesus, passando pelo enquadramento do mesmo no meio rural. Será assim possível apreciar várias figuras em tamanho real, nomeadamente os reis magos nos seus camelos, assim como um burro e uma vaca», diz a Associação de Amigos da Cortelha.

Para a construção do presépio da Cortelha a população utilizou materiais oriundos da Serra do Caldeirão, sendo a cortiça o elemento fundamental. Sendo esta a principal fonte de rendimento dos habitantes da aldeia, a cortiça desempenha neste presépio algo muito mais importante do que simples matéria prima: transporta a alma das gentes da Cortelha.

A inauguração do presépio da Cortelha será realizada no dia 15 de Dezembro, no largo da Associação dos Amigos da Cortelha, numa iniciativa integrada na Festa de Natal dedicada às crianças da escola e do grupo de catequese.

 

Comentários

pub
pub