Albufeira investe 301 mil euros nos clubes desportivos do concelho

Câmara aumento este apoios em 35%, em relação ao ano anterior

A Câmara de Albufeira investiu 301 mil euros no apoio aos clubes desportivos do concelho, beneficiando 3063 atletas, praticantes de 27 modalidades. 

José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira, assinou uma nova ronda de contratos programa de desenvolvimento desportivo.

«No total, estes 17 contratos vão beneficiar 3063 atletas, dos quais 2125 são federados, praticantes de 27 modalidades: basquetebol, ginástica rítmica, ginástica acrobática, karatê, futebol, futsal, futevolei, atletismo, jiu-jitsu, muay thai, cicloturismo, ciclismo, squash, judo, danças de salão, pesca, esgrima, hip-hop, ballet, yoga, boxe, voleibol, artes marciais, defesa pessoal, danças, natação e patinagem artística», diz a Câmara de Albufeira.

Os clubes e associações contemplados foram o Futebol Clube de Ferreiras, o Clube de Basquete de Albufeira, o Atlético Clube de Albufeira, a Juventude Desportiva das Fontainhas, Karaté Clube de Albufeira, Associação Academia Alto da Colina, Clube Desportivo Areias de São João, Guia Futebol Clube, Acro Al-buhera- Clube de Ginástica de Albufeira, Judo Clube de Albufeira, Clube de Artes Marciais de Albufeira, Imortal Basket Clube, Clube de Pesca e Náutica Desportiva de Albufeira, Associação Centro Karaté Shotokan Algarve (ACKSA), LUEL- Arte em Movimento, Albufeira Futsal Clube e Academia Desportiva e Cultural Praia da Falésia.

Até ao final do ano, a autarquia irá celebrar contratos programa com os restantes clubes e associações, que não disponibilizaram de imediato toda a documentação necessária para poder viabilizar os contratos.

Até ao momento, o total da comparticipação atinge os 301 mil euros. Em 2017, a autarquia investiu cerca de 230 mil euros na celebração de contratos programa – um aumento de 35% em relação ao ano anterior – valor que contemplou 18 clubes e coletividades, 4389 atletas, dos quais 1716 são federados, e 22 diferentes modalidades desportivas.

Os valores são atribuídos em função de critérios previamente fixados pelo Município, que têm por base os seguintes indicadores: número de atletas federados, total de praticantes, número de modalidades desportivas, escalões e nível competitivo, número de treinadores e grau de formação e os resultados desportivos alcançados durante o último ano.

«O Município tem seguido uma política ativa de colaboração com os clubes que mobilizam praticantes residentes no concelho. Slém da comparticipação financeira, prestamos ainda apoio a nível logístico e promocional, disponibilizamos transporte e combustível, bem como instalações para a realização de treinos e jogos», explica José Carlos Rolo.

Este ano, a autarquia manteve a disponibilização de uma verba suplementar para «assegurar as questões relacionadas com o transporte, nomeadamente o aluguer de viaturas para a deslocação das equipas, uma vez que a autarquia não tem capacidade para ceder transporte municipal a todas as coletividades», acrescenta o presidente da Câmara de Albufeira.

No total, foi concedida uma comparticipação financeira no valor de cerca de 33 mil euros para este fim. Os contratos programa de desenvolvimento desportivo estão enquadrados no âmbito do Plano de Apoio ao Associativismo Desportivo (PAAD) que tem como objetivo apoiar a prática desportiva no concelho, nomeadamente o trabalho dos clubes na promoção do acesso ao desporto, quer ao nível da formação e ocupação do tempo livre dos jovens, fomentando hábitos de vida saudáveis, quer na vertente da competição.

Comentários

pub
pub